segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Câmara de Paragominas faz manifesto pró-Sidney

Sidney Rosa, Secretário de Estado de Projetos
Estratégicos.
A Câmara Municipal de Paragominas, em documento assinado por diversos parlamentares encaminhará Manifesto em apoio ao Secretário Sidney Rosa, depois da notícia de que uma série de entidades exigirá a sua renúncia ainda esta semana.

Vários blogs da capital mencionam a informação que tornou-se pública no final de janeiro, mas acordada esta semana entre entidades de renome nacional e estadual.

Um dos jornalísticos da blogosfera, publicou hoje pela manhã o seguinte: "Por conta desse imbroglio, Simão vive um dilema nada shakespeariano entre o compromiso assumido com a Comissão Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, de não nomear ninguém que tenha essa prática, ou bancar a permanência de Sidnei rasgando o compromisso assumido com os princípios republicanos que prometeu seguir. A semana promete".

Vereador Jurandir sendo observado pela vereadora
Denise Gabriel, autores do Manifesto Pró-Sidney.

O vereador Jurandir e a vereadora Denise Gabriel são os autores deste documento, que além da assinatura dos vereadores, deve constar outras importantes com a de presidentes de Associações, Sindicatos e líderes comunitários.

O documento será encaminhado até amanhã, porque entendem os parlamentares, que Paragominas não pode cruzar os braços diante de tamanho problema, principalmente neste momento que Sidney precisa de apoio. "Ele (Sidney) sempre apoiou todas as categorias de profissionais e nunca deixou Paragominas cair no ridículo. O que estão fazendo com ele é porque sabem da sua competência e da sua franqueza", assinalou o vereador Jurandir.

Abertas Inscrições para o Curso de Espanhol do Projeto IDE

"Ide pelo mundo inteiro e anunciai o evangelho a toda criatura". Assim está escrito no verso 15 do capítulo 16 do Livro do Apóstolo Marcos.

Inspiradas neste verso, muitas igrejas cristãs realizam missões evangelísticas pelo mundo. É o caso da Igreja Assembléia de Deus de Paragominas, que tem missões em países que fazem parte do Mercosul e também na Espanha.

Assim sendo, o Pastor Presidente daquela igreja, Carlos Lopes da Vera Cruz, firmou parceria com o Mr. Parlanchín, para realização de aulas de espanhol aos membros, em um projeto denominado "IDE". Hoje em dia, o curso em andamento desde agosto de 2010, conta com a participação média de 30 estudantes de espanhol, naquela igreja.

Neste ano, será aberta uma nova turma que funcionará às sextas-feiras, das 16:00 às 18:00 horas., e as aulas terão início no dia 11/03. As inscrições poderão ser feitas na própria secretaria da igreja com a secretária Diléia Santos.

Mr. Parlanchín - Clases de Español



Mr. Parlanchín é o curso de espanhol da JQ Consultoria, que em breve estará chegando à cidade, sob a supervisão do Prof. Jorginho Quadros. Estejam desde já atentos às promoções de inauguração. A previsão para o início das aulas será dia 11/03, com turmas de segunda à sexta-feira, nos horários vespertino e noturno.

Acessem também o blog www.mrparlanchín.blogspot.com e mantenham-se informados sobre essa língua que está ganhando cada vez mais adeptos no mundo inteiro, sobretudo no Brasil e Estados Unidos.

Em breve, divulgaremos o endereço da escola, mas aos "apressadinhos" deixamos o contato do Prof. Jorginho ao final desta nota, que poderá tirar quaisquer dúvidas.

E, aos curiosos, a definição de Parlanchín:

"Parlanchín" es el deslenguado, exagerado en el hablar. Dícese que es "parlanchín" a la persona que "habla por los codos" y que, a veces, puede ser indiscreta. Pues, a eso les invita Mr. Parlanchín: "Hablemos, sin miedo de meter la pata". Pero, siempre con el afán de perfeccionar el lenguaje.

Cel.: (91) 8303-3082

Paragominas - Mais um grave acidente na faixa de pedestres próximo ao Lions

D. Aurora ficou no asfalto aguardando o socorro  por alguns
minutos enquanto curiosos se aglomeravam para ver o
estado de saúde da idosa.
Foto: Jorge Quadros

Aconteceu hoje por volta das sete e meia da manhã, mais um grave acidente na faixa de pedestres ao lado da Igreja Adventista, na Rua Equador, bairro Guanabara, próximo a Escola do Lions. A idosa de pré-nome Aurora, foi colhida violentamente pelo Veículo Fox de placas JVX 8716, conduzido pelo motorista Wellington Leite de Medeiros.
Até a chegada do Corpo de Bombeiros o motorista que atropelou
D. Aurora ficou todo o tempo ao lado da idosa.
Foto: Jorge Quadros

Informações de testemunhas, e são várias, o motorista Wellington não parou na faixa de segurança para que a idosa pudesse atravessar com tranquilidade e o choque foi inevitável

D. Aurora foi atropelada por este veículo...

Entretanto, depois da freiada, Wellington parou e ficou ao lado de D. Aurora até o momento do resgate pelo Corpo de Bombeiros. D. Aurora ficou mais de vinte minutos no asfalto esperando socorro, mas segundo os bombeiros que a atenderam, seu estado de saúde, apesar da idade, era estável. Após o socorro a idosa foi levada ao Pronto Socorro do Hospital Municipal.

...FOX preto, de placas JVX 8716.

DESESPERO

D. Aurora é avó de uma criança que estuda na Escola Lions e todos os dias faz este trajeto, já que mora bem próximo dali. Hoje, infelizmente, seu trajeto foi violentamente interrompido por um veículo, cujo motorista não lhe deu a chance de atravessar a faixa.
As professoras, desesperadas, corriam de um lado para o outro, tentando avisar a família da D. Aurora e clamando por justiça. "Quase todas as semanas acontece acidentes aqui. Nossas crianças são atropeladas por esses motoristas mal-educados que não respeitam a faixa de pedestres. Cadê os guardas de trânsito? Isso é um desrespeito. Já fizemos reuniões, já solicitamos um guarda aqui, até um pai de aluno já ficou nesta faixa, como se fosse um guarda de trânsito", disseram as professoras revoltadas.

SINALIZAÇÃO

Para lembrar ao Departamento Municipal de Trânsito, o sinal de pedestre que fica em frente à Escola Sônia Terzella, não está funcionando hoje. O sinal de pedestre que fica em frente ao Supermercado Moura, está completamente "torto", quase sem visibilidade para os motoristas. Ambos na Avenida Vinicius de Morais, no bairro Promissão II.




Paragominas - Curtas e boas desta segunda-feira

** REPERCUSSÃO
Muita repercussão em vários grupos políticos a notícia veiculada em órgãos de comunicação da capital e em nosso site em Paragominas sobre a iminente queda do secretário Sidney Rosa com a expectativa da entrega, ao governador Jatene, da Carta de Belém, assinada por diversas entidades, entre as quais, Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo, Frente Estadual pela Erradicação do Trabalho Escravo, integradas pelo MPF, MPT, MPE, Associação Nacional dos Magistrados Trabalhistas, OIT, Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, OAB, TEM, CNBB, Comissão Pastoral da Terra e muitas outras entidades.
** REPERCUSSÃO II
Vale ressaltar que se acontecer realmente a queda de Sidney Rosa como secretário, ele voltará à Assembléia Legislativa, onde assumirá o cargo de deputado estadual, eleito democraticamente pelo povo paraense.
** ENTRETANTO
Em conversa de bastidores cá de casa, duas análises foram colocadas em discussão: a primeira, a queda de Sidney é extremamente prejudicial à Paragominas que vislumbrava muitos projetos com recursos certos a serem implementados nos próximos anos. Voltando à Assembléia o deputado vai depender da boa vontade de quem assumir tão importante secretaria. A segunda, grupos políticos antagônicos podem estar, a partir deste momento, minando as forças de Sidney e o seu sonho de um dia ser governador do Pará, carreira que todos nós, de Paragominas, sonhamos juntos.
** CUMPRA-SE
A Polícia Militar, Conselho Tutelar, Polícia Civil, Secretaria do Meio Ambiente e outras entidades, começaram a agir neste final de semana para colocar em vigor a “Lei do Silêncio”. Clubes, casas noturnas, danceterias e similares, devem fechar seus estabelecimentos às 24 horas, de segunda-feira a quarta-feira; quinta-feira, sexta-feira, sábado e vésperas de feriado, o funcionamento será das 20h as 03 h da manhã do dia seguinte; nos domingos e feriados o funcionamento será de 10h as 24 h.
** PONTE
A ponte da Rodovia PA 125 sobre o Rio Paragominas já começou a ser construída. O acesso ficou mais distante, mas tudo para o bem da coletividade. É bom dizer que os recursos à serem aplicados na construção desta ponte são municipais.
** NO BURACO
Na noite de sábado para domingo um motorista embriagado caiu com carro e tudo no córrego paralelo à Avenida Samuel Câmara, próximo à Rodovia PA 125. Ainda na manhã de ontem o carro continuava por lá.
** SUJEIRA
Alguns moradores não atendem ao chamado para deixarem a cidade limpa e teimam em jogar lixo e sacos de penas de galinha no finalzinho da Avenida Samuel Câmara, já chegando à PA 125. É uma catinga insuportável.
** GAYS
A festa realizada no clube do Salazar, sábado (26), chamou a atenção pela publicidade e pela ênfase dada ao assunto no decorrer da semana. Horas antes da festa estive lá, acompanhado de outro repórter e comprovamos que o glamour era muito e tinha muita gente vip chegando para o evento. Aguardamos as fotos do evento que ficaram de ser enviadas para publicação. Agora eles se preparam para a Primeira Parada Gay de Paragominas.

Colégio Sophos abraça causa importante no combate ao alcoolismo

Parceria entre Escola Anésia e Colégio Sophos em caminhada contra o alcoolismo
Sob a coordenação da professora Winne Franco, o Colégio Sophos começou a realizar uma verdadeira guerra contra o alcoolismo, apoiando os grupos de AA existentes na cidade e uma sala de aula onde as pessoas que sofrem desta doença, possam se encontrar para trocar experiências, ao mesmo tempo em que encontram oportunidades para se livrarem deste mal
Tudo é muito difícil, porque, segundo o que as pesquisas alertam é que as famílias não estão preparadas para lidar com um alcoólico. Até instituições de renome não estão capacitadas a receber uma pessoa que sofre de alcoolismo.

O trabalho coordenado pela professora Winne Franco, é merecedor de crédito da direção do Colégio, dos pais e alunos e de toda a sociedade. Foi pensando nisso que na quinta-feira passada, uma turma de alunos, em parceria com a Escola Anésia da Costa Chaves, fizeram uma grande caminhada por diversas ruas de Paragominas para chamar a atenção da sociedade para o problema.
O projeto “Assim se ama um alcoólico. Anime-me! há esperança” faz uma referência também às esposas de alcoólicos que convivem com os problemas diariamente e lutam para entender a situação. Os grupos familiares Al-ANON, são formados por esposas, maridos, filhos e outros parentes ou amigos de alcoólicos.
“Estamos muito felizes por ter recebido este apoio da direção do Colégio Sophos, não apenas para a realização do Projeto, mas também por ceder uma sala de aula para os encontros todas as quartas-feiras”, disse a professora Winne.
Se outras instituições de ensino tomassem para si projetos semelhantes, muito mais pessoas que sofrem deste triste mal, considerado doença pela OMS, mudariam de vida.

ONDE VOCÊ PODE ENCONTRAR UM GRUPO DE AA
Colégio Sophos
Av. Antero Bonifácio Gomes – Promissão I

Encontro:   4ª Feira   -  19:30 horas
Escola Lions Clube
Rua Uruguai

Encontros:   2ª, 4ª e 6ª feiras  - 20:00 horas
Anexo Igreja Católica
 Promissão II

Encontros:    Sábado        20:00 horas

                        Domingo    09:00 horas
Anexo Igreja Católica
Nagibão

Encontro:      Domingo     09:00 horas

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Tabajara Materiais de Construção começou a semana da tinta


É uma promoção especial apenas para clientes especiais assim como você que é leitor deste site. O Flávio da Tabajara me disse que fez uma parceria com a Coral e os preços são indiscutivelmente os melhores da cidade. Para quem está construindo ou reformando, não tem como comparar.


A Tabajara Materiais para Construção também tem um equipamento de última geração que faz uma série de mistura de cores, chegando ao gosto exclusivo de quem imagina uma cor que supostamente não existia.

O motivo de tanta novidade é trazer ao cliente Tabajara o que existe de melhor no mundo das cores com a tecnologia de ponta da Coral que é indiscutível no mercado.


Portanto, não deixe de visitar uma empresa consolidada em Paragominas, que atende a região com preços compatíveis e produtos de qualidade. A semana promocional das tintas é algo de surpreendente.

Ao visitar a Tabajara Materiais de Construção, na Praça Célio Miranda, no Centro de Paragominas, diga que leu esta promoção aqui e faça um bom negócio.

Vale a pena fazer uma visita à TABAJARA MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO  e fazer o seu orçamento. Sua segunda-feira vai ser diferente porque a promoção da Tabajara está apenas conversando.

Preso acusado de abusar sexualmente de criança de 5 anos em Tomé-Açu


Ananias Macial, 85 anos, acusado de estupro
Os investigadores Luiz Otávio e Carlos Santana, sob comando do delegado Fábio Veloso de Castro, diretor da Delegacia de Tomé-Açu, nordeste do Pará, prenderam nesta sexta-feira, 25, Ananias Maciel, 85 anos. Aposentado, ele é acusado de ter abusado sexualmente, em sua casa, na Passagem São Sebastião, s/n°, Invasão da Portelinha, subúrbio do município, de uma menina de 5 anos de idade. O crime se registrou durante a noite, por volta de 19 horas, quando o acusado, após conquistar a confiança da vítima, aproveitou ocasião em que a menina brincava com uma colega na rua e a ofereceu biscoitos para levá-la para casa.

No imóvel, o acusado deitou a criança em sua rede e passou a cometer atos libidinosos na vítima. O crime foi descoberto depois que uma vizinha percebeu a atitude de Ananias e acionou outros moradores na área que presenciaram o crime por uma fresta na parede de madeira da casa. Revoltados, os moradores gritaram para que Ananias liberasse a menina. Após deixar a criança sair de sua casa, Ananias vestiu suas roupas e saiu em fuga para uma igreja evangélica perto de sua casa. Ele foi preso no local pelo delegado Fábio de Castro e equipe acionados pela mãe da vítima. Após ouvir relatos das testemunhas, Ananias foi autuado por estupro de vulnerável, delito cuja pena prevista é de oito a 15 anos de reclusão.
Fonte: Polícia Civil

Paragominas - Preconceito: Para refletir neste domingo


Muitos paragominenses ficaram estupefatos com a notícia sobre o preconceito cometido pelo prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, veiculada em todo o mundo, contra uma pobre mulher paraense.

Mas, grande parte destes mesmos paragominenses age preconceituosamente contra os "maranhenses" que aqui colaboram com o desenvolvimento sócio, político e econômico da cidade e da região.

Para refletir, é bom mudarmos nossos hábitos, para que não incorramos no mesmo erro do prefeito Amazonino, mesmo que nossas frases não sejam ditas de forma áspera, mas com deboche.

As dez cidades com mais médicos no Pará


1 - Belém – 4.374 médicos

2 - Ananindeua – 265

3 - Santarém – 175

4 - Marabá – 171

5 - Parauapebas – 111

6) Castanhal – 73

7 - Redenção – 63

8 - Altamira – 60
 (
9 - Tucuruí – 40

10 - Bragança – 27

Fonte: CRM/Pará – Lista atualizada  até ontem (26).

Engenharia política

A queda de Sidney Rosa vai dar uma dor de cabeça adicional ao governador Simão Jatene. Com o retorno do deputado ao seu mandato, o suplente Haroldo Martins (DEM), que ocupava sua vaga na Alepa, terá que ser reacomodado. Então, ele vira secretário ou outro deputado do PSDB pode ser guindado. E ainda tem a discrepância entre o entendimento do STF e do TSE quanto a quem assume, se a Coligação ou o partido do parlamentar licenciado.

A queda de Sidney Rosa

 
A Comissão Nacional para a Erradicação do Trabalho Escravo e a Frente Estadual pela Erradicação do Trabalho Escravo, integradas pelo MPF, MPT, MPE, Associação Nacional dos Magistrados Trabalhistas, Organização Internacional do Trabalho, Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, OAB, Ministério do Trabalho e Emprego e CNBB/Comissão Pastoral da Terra, entre outras entidades, cobrarão oficialmente do governador Simão Jatene, na semana que vem, a exoneração do secretário de Estado de Projetos Estratégicos, Sidney Rosa, que responde a ação penal por redução à condição análoga à de escravo - crimes contra a liberdade individual/pessoal; frustração de direitos assegurados por lei trabalhista e aliciamento de trabalhadores de um local para outro do território nacional -  crimes contra a organização do trabalho -; perante a 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do Maranhão (processo 833-98.2006.4.01.3700). 

A informação é do presidente da Associação dos Magistrados Trabalhistas da 8ª Região (Amatra VIII), juiz Gabriel Napoleão Velloso Filho, que também é diretor de Direitos Humanos e Cidadania da Anamatra.

Empresário do setor florestal, ex-prefeito do município de Paragominas por dois mandatos sucessivos, entre 1997 e 2004, ex-suplente de senador, vice-presidente da Federação das Indústrias do Pará e deputado estadual (PSDB), Sidney Rosa é citado como um dos latifundiários escravocratas no livro Atlas Político Jurídico do Trabalho Escravo Contemporâneo no Estado do Maranhão, lançado no último dia 27 pelo Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos de Açailândia(MA), que traz compilações e análises de dados sobre processos envolvendo a prática do trabalho escravo em fazendas maranhenses.  Na página 44 da obra, consta que um empreendimento de sua propriedade foi flagrado, na Reserva Biológica do Gurupi, utilizando trabalho escravo.

No último dia 29, a Amatra 8 realizou evento alusivo ao Dia Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, quando foi aprovada carta-compromisso estabelecendo canal direto de diálogo e cobrança entre a sociedade civil e os administradores públicos. Ei-la:

CARTA DE BELÉM

As entidades da sociedade civil, reunidas em Belém nos dias 28 e 29 de janeiro de 2011, por ocasião do Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, aprovam a seguinte Carta de propostas de combate ao trabalho escravo contemporâneo no Estado do Pará:

Reafirmam seu compromisso em atuar, coletivamente, para a erradicação do trabalho escravo no estado do Pará, especialmente na Frente Estadual de Combate ao Trabalho Escravo;

Revelam-se sensibilizadas com a assinatura, pelo Governador do Estado Simão Jatene, de carta-compromisso contra o trabalho escravo, que exterioriza a adesão e comprometimento do Governo do Estado por essa luta;

Exigem a efetivação das ações presentes no 2º Plano Nacional para
Erradicação do Trabalho Escravo, além de apoiar a implantação e
manutenção de comissões e planos estaduais para erradicação do
trabalho escravo;

Pugnam pela aprovação de leis orçamentárias para criar fundo para combate ao trabalho escravo, para destinar recursos e garantir apoio político para a manutenção das ações de fiscalização de denúncias que resultam nas libertações de trabalhadores e para as ações de reinserção e prevenção;

Pugnam pela realização de convênio com a Secretaria da Educação, para realização de ações educativas de afirmação dos Direitos Humanos e repressão ao trabalho escravo;

Defendem a ampliação dos programas de geração de emprego e renda nos municípios fornecedores de mão-de-obra escrava, priorizando a reforma agrária nessas regiões e fortalecendo as ações de reinserção social dos libertados;

Reivindicam o aparelhamento e a dinamização da Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo - COETRAE no Estado do Pará, para que assuma o papel institucional que lhe cabe e a implementação do plano estadual elaborado desde 2007;

Aguardam que o Governador do Estado, em cumprimento ao compromisso assumido, não realize a nomeação ou indicação para cargo público que qualquer pessoa envolvida com a prática do trabalho escravo e prontamente exonere qualquer pessoa que ocupe cargo público de confiança sob sua responsabilidade.

Belém, 29 de janeiro de 2011
A Carta foi aprovada e assinada à unanimidade. Foram aprovadas como propostas de trabalho:

“Por iniciativa da Escola Judicial do TRT8, estabelecer que o trabalho escravo deve ser objeto do currículo básico obrigatório dos cursos de formação e aperfeiçoamento de magistrados, como etapa necessária na sensibilização e qualificação dos juízes de trabalho;

Por unanimidade, firmar compromisso pela dinamização na Frente Estadual pela Erradicação do Trabalho Escravo, como espaço privilegiado de debate e atuação;

Moção pela reativação das Varas Itinerantes no âmbito da
8ª Região Trabalhista, mediante atuação coordenada com a
fiscalização do trabalho e com a Frente Estadual;

Firmar compromisso pela atuação política, nas instâncias judiciárias políticas e administrativas, em favor da criação da Vara do Trabalho de São Félix do Xingu, necessária para a repressão ao trabalho escravo na região;

Aprovar a proposta de criação de grupo de trabalho, composto pelas entidades sociais e entes públicos, a fim de elaborar projeto de lei consolidando propostas para conferir maior efetividade ao combate ao trabalho escravo; e

Aprovar proposta para mobilização perante o governador do Estado, para levar as propostas aprovadas nesta reunião e cobrar o cumprimento da carta-compromisso por ele assinada.”  (grifos nossos)

De acordo com dados da CPT, entre 25 mil e 40 mil pessoas estão submetidas a condições análogas à de escravidão no Brasil. No Pará, de 1995 a 2010, foram registradas 1.113 denúncias, atingindo 67 dos 144 municípios do Estado.

O Pará continua sendo um dos Estados com grande número de casos. No ano passado, houve 63 denúncias fiscalizadas e 562 pessoas resgatadas de situações de trabalho escravo no Estado. Em 2008, foram 811 pessoas. Entre 2003 e 2010, as principais ocorrências foram registradas em São Félix do Xingu, Marabá, Rondon do Pará, Dom Eliseu e Pacajá.

Todas as entidades engajadas no combate ao trabalho escravo pedem agilidade nos processos de investigação e compromisso do Governo do Estado para reverter o sentimento de impunidade, principalmente nos casos registrados em regiões carentes da presença do poder público - nos âmbitos federal, estadual e municipal -, no interior.

Grande parte dos casos tem origem na questão agrária. E em torno do trabalho escravo há uma série de fatores – ameaças e homicídios, por exemplo. A solução do problema passa pela ação integrada de todas as instituições e da própria sociedade, que deve ajudar a fiscalizar. 

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Maranhão - Operação da PF investiga desvio de R$ 3,5 mi

Segundo informou hoje a Controladoria-Geral da União (CGU), a Operação Donatário, da Polícia Federal (PF), no Maranhão, está colocando sob fiscalização aproximadamente R$ 20 milhões, cujos desvios já beiram R$ 3,5 milhões, fora os prejuízos que ainda terão de passar por perícia técnica para serem quantificados.
A ação tem por objetivo desmontar uma quadrilha que operava um esquema de fraudes para desviar recursos que deveriam ser aplicados na construção de casas no interior do Estado. O dinheiro era originário do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), na modalidade de "Crédito Instalação".
A operação está sendo executada hoje pela CGU e pela PF e visa dar cumprimento a 39 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal. Foram destacados para a tarefa 147 policiais federais e 15 analistas da Controladoria. A operação conta, também, com o apoio da Procuradoria da República no Maranhão.

O inquérito do caso contém 535 fotografias de casas inacabadas, não construídas ou construídas com material de baixíssimo custo (taipa), mesmo havendo liberação de recursos pelo Incra para a conclusão dos imóveis. Segundo a CGU, as obras estavam absolutamente fora dos padrões contratados.

Conforme a Controladoria, o dinheiro destinado à construção de casas em projetos de assentamentos, para atender beneficiários do Programa Nacional de Reforma Agrária, era desviado. O balanço da operação contabiliza a realização de auditorias e diligências em 25 associações espalhadas em 12 municípios: Arame, Morros, Pindaré-Mirim, Icatu, Santa Helena, Turiaçu, Junco do Maranhão, Santa Luzia, Centro Novo do Maranhão, Governador Nunes Freire, São João do Sóter e Barreirinhas.

As investigações identificaram a participação de pelo menos 55 pessoas no esquema, incluindo servidores e ex-servidores do Incra, do Instituto de Colonização e Terra Maranhão (Iterma), um policial civil do Maranhão que atualmente é delegado agrário, construtores, lobistas e presidentes de associações de assentados. A CGU informa que os integrantes da organização criminosa são investigados pelos crimes tipificados pelos artigos 288 (quadrilha ou bando), 312 (peculato), 317 (corrupção passiva) e 333 (concussão) do Código Penal.
(Agência Estado)

MPE pede a cassação do prefeito de Belém

O Procurador Regional Eleitoral no Pará, Daniel César Azeredo Avelino, deu andamento hoje a dois processos diferentes tratando da cassação do diploma do prefeito de Belém, Duciomar Costa e do vice, Anivaldo Vale, por irregularidades nas eleições de 2008.

Os dois processos tratam do mesmo problema: durante a campanha eleitoral de 2008, o prefeito, candidato à reeleição, usou dinheiro público para espalhar placas de obras pela cidade com claro objetivo eleitoral, fugindo totalmente dos limites da propaganda institucional.

A questão deu origem a várias ações judiciais, entre elas as duas que tiveram andamento hoje. O primeiro processo recebeu agora parecer do procurador favorável à cassação do prefeito. Esse caso deverá ser julgado novamente pelo Tribunal Regional Eleitoral paraense por ordem do Tribunal Superior Eleitoral.

No segundo processo, o MP Eleitoral já tinha dado parecer pela cassação, mas foi derrotado no TRE e agora entrou com recurso ao Tribunal Superior Eleitoral. Nos dois casos, as consequências podem ser as mesmas: cassação ou manutenção do mandato do prefeito de Belém.

PRAZOS

O processo movido pela Coligação Melhor para Belém, do candidato José Priante, foi iniciado em 2008 e extinto em 2009 pelo TRE do Pará por intempestividade – teria sido ajuizado depois do prazo definido em lei para esse tipo de ação judicial.

O problema do prazo também motivou a extinção, pelo TRE, do processo movido pelo Ministério Público. Nos dois casos, o procurador Daniel César Azeredo Avelino argumenta que a jurisprudência do TSE confirmou a legalidade nas datas de ajuizamento.
(MPF/PA)

Lei Maria da Penha é aplicada a homossexuais

O juiz de Rio Pardo (a 144 km de Porto Alegre), Osmar de Aguiar Pacheco, concedeu medida de proteção a um homem que afirma estar sendo ameaçado pelo seu companheiro. A medida impede que ele se aproxima a menos de 100 m da vítima. O magistrado afirmou que, embora a Lei Maria da Penha tenha como objetivo a proteção das mulheres contra a violência doméstica, todo aquele em situação vulnerável pode ser vitimado.

Osmar Pacheco afirmou ainda que o artigo 5º da Constituição (todos são iguais, sem distinção de qualquer natureza) prevê que, em situações iguais, as garantias legais valem para todos. No caso deste casal homossexual, disse o juiz, "todo aquele que é vítima de violência, ainda mais a do tipo doméstica, merece a proteção da lei, mesmo que pertença ao sexo masculino". Segundo o Tribunal de Justiça (TJ) do Estado, o autor da ação alega ser vítima de atos motivados por um relacionamento recém terminado. (Terra)

POLÍCIA CIVIL DE RONDON APREENDE MÁQUINAS CAÇA-NÍQUEIS




A Delegacia de Polícia Civil de Rondon do Pará, sob o comando do Delegado Rayrton Carneiro, seguindo orientação da Diretoria de Polícia do Interior- DPI, realizou no último dia 22/02, uma operação com a finalidade de reprimir os jogos de azar no município de Rondon. Foram apreendidas 06 (seis) máquinas caça-níquel em bares localizados no setor do mercado municipal. Os proprietários dos bares foram conduzidos até a Delegacia onde a Autoridade Policial lavrou Termo Circunstanciado de Ocorrência pela prática de Jogos de Azar, infração capitulada no Artigo 50 da Lei de Contravenções Penais.

Polícia Militar recaptura fugitivo do Centro de Recuperação de Paragominas

 O comandante do 19º BPM Tenente Coronel Roberto Coraci e o comandante da 13ª Zepol Capitão PM João Luiz e o Serviço de Inteligência da PM de Paragominas, com o apoio da população, conseguiram recapturar o fugitivo do Centro Regional de Recuperação, Gilvan Pinheiro Amorim, conhecido no submundo do crime por "Dubom".

"Dubom" estava cumprindo pena em regime semi-aberto, depois de passar vários anos em regime fechado cumprindo pena por assalto e estupro, Artigos 157 e 213 do CPB. Ele já havia cumprindo pelo menos nove anos em presídios de Americano e Paragominas.

No dia 21, "Dubom" fugiu do CRP sem deixar vestígios. Desde então, a Polícia Militar se empenhou em recapturá-lo. Principalmente porque, segundo o Capitão João Luiz, o fugitivo havia confessado que, em liberdade, mataria algumas pessoas, entre as quais  o  TenenteCoronel Roberto Coraci, a ex-diretora do CRP, atual secretária de educação do município, professora Mozimeire e o Coronel Éder, ex-comandante da CPR-VI.

O Serviço de Inteligência da Polícia Militar, com apoio de algumas pessoas que denunciaram "Dubom" através de ligações telefônicas, localizou o fugitivo no Centro da Cidade, numa casa às proximidades de um grande Supermercado, próximo à Praça da Bíblia.7

Imediatamente a PM montou um aparato e recapturou "Dubom" sem que houvesse nenhuma reação. Agora o detento perderá todas as regalias que tinha do semi-aberto e voltará ao regime fechado até que cumpra a pena pelos crimes que cometeu.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Descartada notícia sobre dengue hemorrágica em Paragominas



O Secretário Municipal de Saúde, Dr. Lucídio Lobato, informou, via telefone, à este jornalista, que não há procedimento o boato que tomou conta da cidade na tarde de ontem de que uma senhora havia morrido em Paragominas, em virtude de ter contraído dengue hemorrágica.

A informação de dengue hemorrágica no Pará, aconteceu ontem, mas com uma senhora, de nome Fátima do Socorro Pereira, moradora da travessa 14 de Abril, no bairro do Guamá, em Belém, que encontra-se em estado grave no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do hospital Barros Barreto, respirando com a ajuda de aparelhos. De acordo com familiares da paciente,  seu estado de saúde se agravou e havia poucas esperanças do quadro ser revertido, com paralisação de vários órgãos como rins e fígado.

Segundo a assessoria de comunicação do Barros Barreto, Fátima chegou acompanhada do marido e apresentando um quadro de insuficiência respiratória e pressão baixa. Apesar de apresentar sintomas da dengue hemorrágica, como sangramento bucal, Fátima também demonstra aspectos de outras doenças, como amarelidão nos olhos, que caracteriza a leptospirose. Em virtude disto, a equipe médica do hospital solicitou outros exames, como o de lepstospirose e até mesmo de leucemia.

O Secretário disse ainda que a Campanha "Paragominas Contra a Dengue" continua a todo vapor e que a comunidade está colaborando e que as equipes da secretaria estão numa verdadeira guerra para minimizar os casos suspeitos da doença em nossa cidade.

Entretanto, Dr. Lucídio Lobato garantiu mais uma vez que utilizará este site e todos os meios de comunicação para colocar a população a par de todas as ações que estão sendo desenvolvidas em Paragominas, solicitando cada vez mais apoio dos moradores, sem os quais fica praticamente impossível fazer um trabalho eficaz.
FALHA (o navegador deveria exibir algum conteudo em Flash, e naum isto).

MANDE FAZER SEUS IMPRESSOS CONOSCO