quarta-feira, 30 de junho de 2010

Simão Jatene será o candidato do PSDB ao governo do Estado


Uma demonstração de força e unidade. Foi o que se viu na manhã de domingo (13), no auditório João Batista, da Assembléia Legislativa do Estado, durante o primeiro encontro do diretório regional do PSDB-PA, organizado para anunciar a pré-candidatura de Simão Jatene ao governo do Estado nas eleições de 2010.

Presentes ao encontro as principais lideranças do partido, como os senadores Flexa Ribeiro e Mário Couto, os deputados federais Zenaldo Coutinho, Nilson Pinto e Wandenkolk Gonçalves; os deputados estaduais José Megale, Tetê Santos, André Dias, Suleima Pegado e Manoel Pioneiro; o secretário-geral do partido, ex-deputado Nicias Ribeiro, calém de uma representação expressiva da Juventude do PSDB e do PSDB Mulher.

A movimentação em frente ao prédio da ALEPA foi intensa desde muito cedo, por conta principalmente da chegada de caravanas inteiras vindas de municípios do interior. A convenção reuniu mais de mil pessoas, entre partidários, simpatizantes, representantes de entidades de classe, lideranças comunitárias, vereadores, prefeitos e ex-prefeitos, deputados estaduais e federais, mostrando que o partido está mais unido e integrado do que nunca, em torno do nome de Jatene.

A tônica dos discursos que antecederam o pronunciamento do candidato tucano girou em torno de dois sentimentos bem marcantes, embora distintos: esperança no projeto de um novo Pará e insatisfação com a situação em que o estado como um todo se encontra atualmente.

Prova disso é que mesmo políticos vinculados a outras legendas fizeram questão de manifestar seu apoio ao nome de Jatene e ao PSDB, como também de relatar as dificuldades pelas quais passam seus municípios por conta da política centralizadora e revanchista do atual governo.

A chegada do candidato, pouco antes das 11h, foi marcada por aplausos calorosos e muitas demonstrações de incentivo, fornecendo um termômetro do que a campanha pode produzir no cenário estadual e reforçando a certeza de que com a mobilização e as alianças que serão construídas é possível, sim, vislumbrar a retomada do projeto que vai colocar o Pará novamente no rumo do desenvolvimento.

Desde a entrada no hall da ALEPA, Jatene foi saudado ininterruptamente e esbanjou disposição mesmo diante da extensa "barreira humana" formada por simpatizantes e correligionários, ansiosos por transmitir suas mensagens de apoio ao pré-candidato oficial do partido.

O senador Mário Couto, que também pleiteava a vaga de candidato do PSDB ao governo, falou da disputa interna do partido, e disse que estava feliz, pois sua "derrota" representava a vitória da união do PSDB. Mário Couto disse que estava muito feliz, pois, "mesmo com 10 meses de disputa, o PSDB não rachou, e chega unido neste momento tão importante de trabalharmos para reconduzir Simao Jatene ao governo".

O ex-governador Simão Jatene, pré-candidato do PSDB ao governo do Estado em 2010, começou seu discurso agradecendo a todos os que estavam presentes, "os verdadeiros responsáveis pela minha candidatura". Jatene também agradeceu a toda a bancada de deputados estaduais e federais, e aos senadores Flexa Ribeiro e Mário Couto, além do senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB. Jatene ressaltou a conduta de Flexa Ribeiro à frente do processo de escolha do candidato, e a Mário Couto pela humildade.

"Muito maior do que qualquer diferença que pudéssemos ter é o meu compromisso, o compromisso do senador Mário Couto, do senador Flexa Ribeiro e de todos os que compõem este partido o nosso Estado. E isso me dava a certeza de que estaríamos juntos", afirmou Jatene.

"Aqueles que apostaram que estaríamos divididos se enganaram. Eles atolaram o Estado, mas nós vamos voltar e não vamos governar só com os que votaram em nós. Vamos governar para todos", disse o pré-candidato.

O ex-governador falou da sua gestão à frente do governo do Estado, dando diversos exemplos de avanços obtidos, "mesmo tendo o governo federal contra nós". Ele citou inúmeras situações que evidenciam o caos em que se transformou a administração da governadora Ana Júlia Carepa.

Para exemplificar, Jatene lembrou que, em seu governo, o Hospital Ofir Loyola e a Santa Casa de Misericórdia eram referência no País. Hoje, pacientes padecem na porta da Santa Casa, e cidadãos que enfrentam o câncer são obrigados a buscar atendimento no Maranhão e no Piauí. E citou os cinco hospitais regionais que deixou prontos e equipados, além de três hospitais que ficaram em construção.

Diante de um auditório absolutamente tomado, Jatene enumerou as obras que o governo do PSDB fez no Estado nas áreas de infra-estrutura, educação e segurança, e atacou duramente a administração atual. "Eles não terminaram o que nós deixamos, não conseguiram botar pra funcionar o que ficou pronto e equipado, e quebraram o que estava funcionando bem, que eram os hospitais de referência", lembrou Jatene.

"Na área da Segurança, o governo que aí está nos acusa de não ter aberto vagas para novos policiais. Nos quatro anos do nosso governo, nós não só ampliamos o número de policiais, aumentando o número de vagas, como promovemos mais de seis mil cabos e soldados, que não eram promovidos", explicou o ex-governador.

Simão Jatene encerrou seu discurso dizendo que tem certeza de que o Pará voltará ao rumo certo: "juntos, vamos recuperar o governo desse Estado. E quando falo em recuperar não é só chegar ao poder, é recuperar no sentido de reconstruir e fazer retornar a paz, a esperança e o progresso, e sobretudo o amor, sem o qual não é possível fazer nada".

Jatene, então, fez o anúncio oficial da sua pré-candidatura: "é por essas razões que, com humildade diante da grandeza desse Estado e da sua gente, eu aceito a pré-indicação do meu partido para ser o candidato e, com a ajuda de vocês, chegarmos ao governo do Estado".

Reportagem e edição: Cláudio Rocha

Órgãos e entidades de direitos humanos constatam tragédia do sistema penitenciário do Pará

Celas superlotadas, detentos dormindo no chão, denúncias de maus tratos, ratos convivendo com os internos e demora no julgamento dos casos. Esta foi a realidade constatada por  representantes da Comissão de Direitos Humanos, da Assembléia Legislativa, ao visitar, nesta quarta-feira, 30, juntamente com integrantes outros órgãos e entidades, a delegacia de polícia, do bairro do Marco, e duas unidades de ressocialização de presos mantidas pelo Governo do Estado: Centro de Recuperação Feminino (CRF) e Centro de Internação do Adolescente Masculino (CIAM), este voltado ao atendimento de crianças e de adolescentes em conflito com a lei.

A Comissão foi formada por representantes da Assembléia Legislativa, do Tribunal de Justiça do Estado, do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil (Secção Pará), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, da Pastoral Carcerária e do Emaús. Eles foram  operacionalizar o monitoramento do sistema carcerário do Estado, conforme deliberação da audiência pública promovida  pela Assembléia Legislativa para debater o assunto.

Devido à gravidade dos casos encontrados, o presidente da Comissão, deputado estadual, Arnaldo Jordy (PPS) informou que um relatório com as denúncias será elaborado e encaminhado às autoridades locais, nacionais e até internacionais com pedido de providências e alerta à situação a que os detentos são submetidos no Pará. “É uma tragédia humana o que estamos vendo aqui. É impossível alguém achar que esses presos vão sair recuperados à sociedade com essas condições”, lamentou Jordy, indignado também por cerca de 60% dos detentos estarem na condição de presos provisórios, com muitos sem qualquer acesso a advogados, mesmo via defensoria pública.

É o caso, por exemplo, da ex-estudante de psicologia, Cristine Ribeiro, que está há um ano e meio presa, mas até hoje não foi a julgamento. Luana Silva Cavalcante também vive o mesmo drama. Há um ano e sete meses, ela é presa provisória e também nunca foi ouvida pela justiça. A situação fica mais dramática para quem vem do interior. Às vezes, o julgamento está marcado, mas muitos não tem como viajar porque o sistema penal alega falta de transporte. Por conta disso, alguns detentos passam mais tempo do que deveriam na cadeia, mesmo sem ter sido julgado.            

 MP vai pedir fechamento do CIAM
As condições encontradas tanto na delegacia como nas unidades de ressocialização são precárias e subumanas. Na delegacia do Marco, em uma das celas de aproximadamente 3X3 metros se espremem 13 presos, sendo que há bem pouco tempo existiam 23. No local, o calor é insuportável e os detentos tem dificuldades até mesmo para dormir porque os colchões ficam no chão e são insuficientes. Fora os ratos que trafegam a noite pelo espaço.

No Ciam, a situação também é grave ao ponto do Ministério Público já ter decidido que vai pedir o fechamento do local pelo fato de o prédio não oferecer condições de funcionamento.  No local, há 83 adolescentes internados, divididos em dez celas, com a maioria deles dormindo em colchões no chão, freqüentado permanentemente por ratos e outros insetos. Um dos menores chegou a mostrar a perna infestada de coceiras. Os adolescentes também reclamaram dos maus tratos que viriam recebendo, inclusive com o uso de spray de pimenta pelos agentes penitenciários.
        
“Já pedimos providências por três vezes para melhorar as condições desse prédio e até agora o Estado não fez nada”, disse a promotora da Infância e da Juventude, Leane Fiúza de Melo. Segundo ela, as medidas tomadas até agora pelo Estado são paliativas, com os adolescentes não podendo mais viver nessa situação insalubre. “Infelizmente o Estado não cumpre o seu papel com esses jovens”, lamentou, informando que com toda a ação já interposta pelo Ministério Público, o Estado tem usado de todos os subterfúgios para não garantir os direitos que cabem às crianças e aos adolescentes”, ressaltou.
        
Na visita ao Centro de Recuperação Feminino, mais situação trágica por conta das celas superlotadas e da falta de higiene no local, com ratos circulando livremente durante a noite entre as detentas. Em uma cela de menos de 2X2 metros ficam alojadas em torno de dez presas, com a metade delas dormindo no chão. Como as celas funcionam numa espécie de containners, o calor no lugar chega aos índices do insuportável. “O Estado acha que somente colchões novos resolvem o problema, mas esses locais não tem as mínimas condições de funcionamento, com o Estado perpetuando a violação dos direitos humanos”, desabafou a promotora Fiúza de Melo, diante da situação encontrada principalmente no Ciam. No CRF, há 508 detentas, mas a capacidade do local é para 270 presas.
           
Com a chegada da comissão de monitoramento, todas ficaram eufóricas para ver de que forma poderiam resolver a sua situação penal O deputado estadual, Arnaldo Jordy, em conjunto com os demais órgãos e entidades, vai mandar para o local uma equipe de advogados para verificar o andamento do processo das detentas, que reclamaram ainda da falta de banho de sol, que ocorreria somente uma  vez por semana. “Isso aqui não é lugar nem para inseto, imagine para um ser humano”, disse Jordy. TJE ficou de se manifestar sobre o assunto após a conclusão do relatório, que será discutido no início de agosto.
            
Números levantados pela Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa mostram que cerca de 70% da população carcerária do Estado é formada por jovens entre 18 e 24 anos, e que segundos dados do Infopen – Sistema de Informações Penitenciárias - 58% dos presos do Estado são provisórios. Em números absolutos,  significa que das 8.611 pessoas custodiadas no sistema penitenciário do Pará, 5.064 não foram julgados.


Fonte: Assessoria Parlamentar
Autor: Assessoria Parlamentar   

terça-feira, 29 de junho de 2010

Programa Bolsa Trabalho lança 10 mil novas bolsas a jovens de Belém e Marituba

Cerca de 10 mil jovens de Belém e Marituba passarão a integrar, a partir desta terça-feira (29), o programa Bolsa Trabalho. O lançamento das bolsas, em Belém, será na Metrópole City Hall, às 15 horas, com a presença da governadora Ana Júlia Carepa. Em Marituba, o lançamento será pela manhã, às 9 horas, na Secretaria Municipal de Trabalho e Economia Solidária do município.
No evento, serão distribuídos os cartões provisórios com os quais os jovens poderão receber o incentivo de R$ 70 por mês. O programa Bolsa Trabalho, lançado em 2007 pelo governo do Pará, tem como objetivo qualificar jovens de baixa renda para o mundo do trabalho. Realizado por meio da Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), o Bolsa Trabalho já cadastrou 62.300 jovens em mais de 92 municípios de todas as regiões de integração do Pará. Além de inserir cerca de 20 mil bolsistas no mercado de trabalho.
Nesta fase do programa, serão distribuídas 4 mil novas bolsas para o Distrito Administrativo do Bengui, 4 mil para o de Icoaraci e mais 2 mil para Marituba. O cadastramento dos jovens foi realizado durante o mês de junho nas escolas estaduais de segundo grau. Para participar do programa, o jovem precisa ter entre 18 e 29 anos; ser de baixa renda; preferencialmente estar cursando ou ter completado o ensino médio; e estar desempregado há, no mínimo, seis meses.
O Bolsa Trabalho está cumprindo o objetivo de mudar a vida de jovens e suas famílias em todo o Estado. A inserção no mundo do trabalho melhora o futuro dos jovens e também o de toda a comunidade. Isso significa diminuição da violência, crescimento econômico, desenvolvimento social, entre outras mudanças.
Ascom - Seter

Seduc já descontará nos salários de julho faltas não justificadas


Da Redação
Agência Pará
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) comunica que nos salários de julho (que serão pagos no início de agosto) já estará o desconto nos contracheques dos trabalhadores da educação que faltaram no último dia 09 de junho, sem justificativa. Nos salários de agosto (pagos em setembro), também será computado o desconto dos que não compareceram ao trabalho no dia 15 de junho.

A deliberação atende ao compromisso assumido pelo secretário de Educação, Luís Cavalcante, com os pais e as comunidades escolares, para garantir o direito às aulas dos estudantes. “A reposição de cada dia parado será fundamental para que sejam suspensos os cortes nos contracheques”, disse o secretário. “Infelizmente, essa é a única forma de garantirmos os 200 dias letivos a que o nosso alunado tem direito”, acrescentou. 

Polícia Militar intensifica parceria com a imprensa do Pará


Da Redação
Agência Pará
O Comando Geral da Polícia Militar do Pará promoveu nesta quarta-feira (26), na sede do órgão, um encontro com os jornalistas para construir uma parceria, que garanta a segurança dos profissionais da mídia, durante uma cobertura jornalística, sem afetar o desenvolvimento do trabalho policial. Este foi só o primeiro momento de estreitamento das relações entre a PM e a imprensa local. Mas que, segundo o comandante geral da PM, coronel Augusto Emanuel Cardoso Leitão, será estendido com promoções de cursos e eventos que permitam aos profissionais da imprensa colaborar com desenvolvimento das ações da PM, para melhor atender a população paraense.

O encontro ocorreu dentro de um clima de informalidade, com a participação de profissionais da TV Record, do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) - Pará, Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), Rede Brasil Amazônia de Comunicação (RBA) e Grupo Liberal. O coronel adiantou aos presentes que está em andamento a elaboração de um curso, focado para o gerenciamento de crise, com data e local ainda não definidos.

Na ocasião, o comandante, em companhia do sub-comandante da PM, coronel Edvaldo José Cunha Sarmanho, fez questão de deixar claro que a iniciativa é um método de trabalho que busca fazer com que as ações da PM não afetem a segurança e as atividades dos profissionais da imprensa. Assim como o serviço da imprensa não ponha em risco a segurança e o sucesso das operações policiais.

Força pela paz - Há dois meses no comando geral da PM, o coronel Leitão informou que a operação "Força pela Paz" tem sido realizada com um elemento diferencial. "Nós atuamos pela qualidade e, por esse motivo, deixamos de fazer a operação todos os finais de semana e passamos a fazê-la após um planejamento, baseados pelas ocorrências policiais registradas nos bairros. A operação é para tirar o traficante, o homicida e quem manda matar das ruas", explica o oficial.

Para a chefe de reportagem do SBT- Pará, a jornalista Fabiana Cabral, ao convidar os jornalistas para o encontro, a PM demonstra que, de fato, pensa em trabalhar em parceria. "Em 20 anos de jornalismo, não tinha visto uma iniciativa como essa. É muito interessante, porque já trabalhei muitas vezes na área policial e esse é o primeiro comando preocupado com essa questão", disse ela.

Na opinião do repórter policial do grupo RBA, J.R. Avelar, o estreitamento entre a PM e a imprensa local é de fundamental importância, porque "nos pautamos a partir das ações da polícia. É uma nova forma de trabalho que vai permitir tanto a nós, jornalistas, como à PM, sucesso em nossos trabalhos".

Edna Nunes - Secom

Defensoria promove capacitação para defesa do preso provisório


Da Redação
Agência Pará
Encerra no dia 1º de julho o Ciclo de Capacitação em Defesa do Preso Provisório Passível de Pena Alternativa, no auditório do Metropolitan Tower, promovido pela Defensoria Pública do Estado, cujo objetivo é capacitar defensores públicos, equipe interdisciplinar, estagiários e Rede Social (formada por entidades públicas e privadas, que têm a função de disponibilizar cursos técnicos e preparatórios para os que estão na qualidade de ex-presos provisórios).

Criado pela Defensoria Pública, desde julho do ano passado, o programa visa diminuir a população carcerária do Estado, prevenindo a criminalidade e possibilitando aos presos provisórios a reavaliação da sua conduta e valores, sendo beneficiados por uma política pública que proporciona o resgate social, a autoestima e a dignidade da pessoa humana.

Arraiá Verde. Sucesso absoluto em Paragominas


Sucesso absoluto. É assim que podemos falar do primeiro arraial verde ocorrido na cidade de Paragominas. Quem foi ao Parque Ambiental pôde ver o que há muito tempo não se via por aqui: famílias inteiras, com o pai, a mãe e as crianças passeando pelas ruas do parque na maior alegria e entusiasmo. A festa junina foi transferida do meio da rua, no centro da cidade, para o Parque Ambiental com o propósito, segundo o prefeito Adnan Demachki, de sensibilizar a comunidade sobre a questão ambiental amplamente discutida nos últimos meses e diminuir sensivelmente o uso indiscriminado de bebida alcóolica. "Nos anos anteriores era muito comum vermos brigas, garrafas quebradas, confusões entre os participantes. Este ano foi a vez das famílias se divertirem porque a única bebida que teve no Parque foi o quentão, bebida típica da festa junina." disse o prefeito. Nossos parabéns à Secretaria Municipal de Cultura, na pessoa da secretária Aparecida Luciano, que coordenou com sua equipe toda a programação. As barracas de comidas e bebidas não alcóolicas foram comandadas pelos formandos do ensino médio e pelos universitários. Na programação, dança de quadrilhas, desfile de miss caipira, quadrilhas mirins e da terceira idade, com a presença do grupo Yucatã, dança portuguesa e boi bumbá e o tradicional casamento na roça. Estive lá e me deliciei, e como muito crítico em minhas observações, desta vez tirei o chapéu para tudo que vi. Mais uma vez, parabéns a todos os que se envolveram na organização. Quem não foi, perdeu um festa maravilhosa.

Foto:  www.paragominas.pa.gov.br   

PMDB do Pará apresenta 45 candidatos a estadual e 19 a federal

PDF Imprimir E-mail
O peemedebe divulgou, ontem, durante convenção do partido, no estado do Pará, os nomes dos 45 candidatos a deputado estadual e os 19 a federal, além de apresentar o nome de Jader Barbalho a senado, que já estava confirmado há pelo menos três meses.

Na região nordeste somente dois nomes aparecem como pretensos candidatos a federal. José Soares, médico, que trás no currículo a experiência em ter administrado o município de Castanhal, três mandatos de deputado, sendo um na suplência [dois meses no poder] e Marcelo Pierre, que foi eleito vereador em 2005, mas hoje sem mandato.

Quem pretende disputar uma das 41 vagas a estadual terá tarefa árdua. Além dos candidatos que irão tentar renovar o mandato [10 deputados], outros nomes fortes disponibilizaram seus nomes nesta disputa eleitoral.

Antonio Rocha e José Scaff Filho, vereadores de Belém disputarão pela primeira vez uma vaga ao parlamento estadual.

Vanessa Vasconcelos envolvida no ano passado em escândalos, de funcionários fantasmas na folha de pagamento de seu gabinete, concorre a uma vaga a câmara federal.

José Priante que provocou estardalhaço aos quatro cantos do estado, inclusive na imprensa, que bateria chapa com Juvenil, caso não conseguisse ser empossado prefeito de Belém, onde Duciomar Costa – PTB, prefeito de Belém foi julgado, mas absolvido pelo TRE – Tribunal Regional Eleitoral, agora, o sobrinho de Jader, disputará caladinho a uma vaga no parlamento federal.

Durante discurso, ontem, na convenção do partido, Jader Barbalho aproveitou para selar a harmonia entre Domingos Juvenil [candidato a governo] e Priante. Os dois se abraçaram em demonstração de “trégua”.

Outro recado que o presidente do peemedebe deixou para os filiados rebeldes “Delegação à comissão executiva do Diretório Regional do PMDB no Pará para as providências relativas à observância da fidelidade partidária, detalhadas no Edital de Convocação da convenção do PMDB para as eleições de 2010”.

Em poucas palavras. Os rebeldes que tentarem pedir votos a outros partidos poderão perder o mandato [deputados] ou ser expulso.

Confira a lista dos candidatos do PMDB.

Governo

Domingos Juvenil Nunes de Souza

Vice-governador


Hildegardo de Figueiredo Nunes

Deputado federal


1. Adelar Pelegrini
2. Asdrúbal Mendes Bentes
3. Catarino Ribeiro de Lima
4. Elcione Terezinha Zahluth Barbalho
5. Emerson Ferreira Monsef
6. Genilson Lourivaldo da Silva
7. Henrique de Campos Soares Junior
8. José Benito Priante Junior
9. José Soares da Silva
10. Leonardo Macedo Lobato
11. Diana Aparecida Ataíde Fernandes
12. Luiz Otavio Oliveira Campos
13. Manoel Nazareth Sant’ana Ribeiro
14. Marcelo Pierre Acácio
15. Maria Lucidalva Santos Bezerra
16. Mauricio Brandão Correa
17. Vanessa Correa Vasconcelos
18. Vicente de Paula Maciel Lobato
19. Waldecir Leal dos Santos
20. Wladmir Afonso da Costa Rabelo

Deputado estadual


1. Adriana Miranda de Lima Warwick
2. Ana Isabel Mesquita de Oliveira
3. Ana Machado do Prado
4. Ângela Conceição de Oliveira Monteiro
5. Antonelo Todde
6. Antonio Rocha
7. Benedito Augusto Bandeira Ferreira
8. Delevani Balbino dos Santos [XIS]
9. Luiz Alfredo Amim Fernandes
10. Edir Manoel de Castro Pires
11. Edmilson de Souza Campos
12. Erlon Werton Feitosa
13. Francisco das Chagas Silva Melo Filho [Chicão]
14. Francisco de Oliveira Besteiro
15. Jader Gardelinho
16. João Wanderley Silva de Oliveira [Maguila]
17. José Antonio Scaff Filho
18. José Augusto da Conceição
19. José Milesi
20. José Roberto Ferreira
21. José Wilson Costa Araújo [Zeca Pirão]
22. Josefina Aleluia de Aquino Carmo
23. Juliano da Silva Lima
24. Karla Natasha Moreira Pinto
25. Leôncio Braz de Souza Neto
26. Luiz Eduardo Anaice da Silva
27. Marcio Mota Vasconcelos
28. Maria Helena Alfaia de Souza
29. Maria Iranilse Brasil dia Pinheiro
30. Maria Nilma Silva Lima [D. Nilma Lima]
31. Martinho Arnaldo Campos Carmona
32. Mauro Gomes de Barros
33. Miguel Santana de Castro
34. Ozório Adolfo Góes Nunes de Souza
35. Parsifal de Jesus Pontes
36. Paulo Liberte Jasper [Marcão]
37. Paulo Sérgio Rodrigues Titan
38. Saphira Maira Siqueira da Silva Neto
39. Simone Maria Morgado Ferreira
40. Tatiana Oliveira
41. Tony de Souza Lisboa
42. Vinicius Zahluth Bastos
43. Wanderlan Augusto Brandão Quaresma
44. Willa Lobato Bueres
45. Yuri Leal Fonseca 

Fonte: Jornalismo Político
Autor: Jornalismo Político

Apesar dos esforços, vários crimes não foram elucidados em Paragominas

Alguns assassinatos que aconteceram em Paragominas nos últimos dias, apesar das investigações da Polícia ainda não foram totalmente elucidados e os que foram, os autores ainda estão em liberdade. Exemplo disso é o caso do matador do policial militar Raelson, fato acontecido na madrugada de sábado às proximidades da Praça do Ginásio. As câmeras de monitoramento capturaram imagens nítidas do momento em que o PM era assassinado covardemente. O autor, de apedilo "Dida" e seu irmão, continuama foragidos. As buscam continuam intensificadas e o comando da PM em Paragominas garante que é questão de horas para a prisão dos dois acontecer. Continua foragido também o namorado de Andreza Carvalho de Araújo, 21 anos de idade, morta com um tiro na cabeça. Ele estava no quarto com a jovem quando o crime aconteceu e ele é o principal suspeito. Até hoje não se apresentou à polícia. Dois homens foram assassinados neste final de semana, um com dois tiros na cabeça no bairro Camboatã II e outro na PA 125 próximo ao antigo escritório da Cosampa quase no centro da cidade. Não se tem pistas de quem são os autores deste assassinato. O mesmo acontecendo com mais dois crimes. Um na estrada que dá acesso à tribo Tembé e outro no bairro Nagibão. Ambos os crimes, as vítimas foram assassinadas à tiros e encontrados por populares. Até agora as investigações não avançaram muito no sentido de capturar os assassinos. Culpa da polícia? Claro que não. Mas da falta de estrutura que a Polícia Civil de Paragominas tem. O descaso do governo do Estado é evidente quando se trata de equipamentos e mão de obra profissional. O número de policiais civis está muito aquém das reais necessidades deste órgão da segurança pública. Se a governadora entendesse que Paragominas está entre as cidades mais violentas do Estado, rapidinho daria um jeito na situação. O trabalho realizado pelos delegados e policiais civis vão além do que podem fazer. Mas milagres...demoram um pouco mais.

PM encontra maconha em ônibus na PA-140

A orientação dada aos comandantes de Companhias Independentes da Polícia Militar para coibir a criminalidade ainda no nascedouro tem conseguido importantes avanços e a prova é que a cada dia os fora da lei estão ficando mais audaciosos e empregam formas diversas para tentar avançar com a droga para os grandes centros.

Durante uma operação para coibir a prática de assaltos a ônibus e vans nas estradas e de tráfico de entorpecentes na região do Baixo Acará, policiais militares da 14ª Companhia Independente da Polícia Militar, sob o comando do major Mascarenhas, em revista no ônibus da empresa Caliman, que fazia o trecho Abaetetuba/Mãe do Rio, prenderam mais um traficante de drogas que tinha como atuação o município de Tomé-Açu.

A barreira móvel da Polícia Militar foi montada na PA-140 próximo a vila Forquilha já nos limites do município de Tomé-Açu e durante a revista minuciosa nos passageiros os policiais encontraram na mochila do homem identificado como Jerbson Milhome Carvalho quatro tijolos de maconha prensada, de cerca de 1 kg cada.

Segundo as investigações levantadas pelo major Mascarenhas a droga ia abastecer a traficantes na localidade de Quatro Bocas em Tomé-Açu, tendo Jerbson Milhome Carvalho sido escolhido para buscar o entorpecente no município de Abaetetuba acreditando que poderia transportá-la sem problemas pela PA-140.

Jerbson Milhome Carvalho foi preso e a droga apreendida e todos os elementos comprobatórios do flagrante foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Tomé Açu, ficando sob os cuidados do delegado Paulo Henrique onde foi autuado em flagrante delito por tráfico de drogas, sendo o produto também encaminhado ao IML para exames.

O DIÁRIO conversou com o major Mascarenhas que nos afirmou que não vai dar trégua aos traficantes da região sendo este o segundo caso em menos de uma semana. Em outra ação contra o tráfico na cidade o oficial comandante da 14ª Companhia Independente da PM implementou a ronda escolar no município com a presença constante nas escolas públicas, fazendo inclusive palestras nas salas de aula, integrando a Polícia Militar com a comunidade estudantil.

Justiça decreta prisão do irmão da governadora

Após mais de um ano de muitas investigações e CPIs sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes no Pará, a Justiça decretou a prisão temporária do irmão da governadora Ana Júlia, João Carlos Carepa. Ele é acusado de crime de atentado violento ao pudor contra uma adolescente.
O assistente administrativo João Carlos Vsconcelos Carepa, paraense, 52 anos, foi condenado a 15 anos de reclusão em regime inicialmente fechado por abusar de uma menina de 11 anos de idade, em 2006. A sentença foi proferida pela juíza Maria das Graças Alfaia Fonseca, titular da Vara de Crimes Contra Crianças e Adolescentes de Belém, onde tramitou o processo penal.  A decisão da juíza se baseou no conjunto das provas (testemunhais e periciais) que constam no processo, e acompanhou o entendimento da representante do Ministério Público do Estado (MPE), através da promotora de Justiça Sandra Gonçalves, que requereu a condenação do assistente administrativo.
João Carepa, foi acusado, assim como o ex-deputado Estadual e médico, Luiz Afonso Sefer, pelo crime de pedofilia. Sefer foi condenado no dia 8 de junho pela juíza Maria das Graças Alfaia Fonseca, titular da Vara Penal de Crimes Contra Crianças e Adolescentes, a mesma que decretou a prisão de João Carepa. Sefer foi condenado a 21 anos de prisão por abuso sexual contra uma menina de nove anos.
Mesmo com a decisão da juíza, no dia 9 de junho a desembargadora Vânia Fortes, do Tribunal de Justiça do Pará, concedeu habeas corpus a Sefer, que irá recorrer da setença de prisão, proferida em primeira instância, em liberdade.
O ex-deputado não chegou a ser preso enquanto perdurou a validade da ordem de prisão. Sefer ficou foragido por dois dias até conseguir um habeas corpus para aguardar em liberdade. (Diário Online)

PSL lança candidato ao governo

Na tarde desta terça-feira (29), militantes, vereadores e representantes do partido do PSL, se reuniram no Hotel Sagres para oficializar o nome de Luis Carlos Tremonte, como candidato ao governo do estado.

Como vice de sua chapa ficou definido o nome de Terezinha Palheta, do munícipio de Vigia.

Além do estado do Pará, o PSL está disputando para governo em outros sete estados do país. (Diário Online, com informações do Diário do Pará)

OAB divulga lista dos políticos cassados pelo TRE do Pará

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou durante coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (29) a relação dos políticos cassados nos últimos três anos pela Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA). No total, são 19 políticos, sendo 18 do interior e um de Belém. Solicitada pelo presidente da Ordem, Jarbas Vasconcelos, a lista foi fornecida pelo desembargador João Maroja, presidente do TRE do Pará.

Os políticos foram cassados no âmbito regional, mas alguns processos continuam tramitando no TRE e outros estão em tramitação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em tese, estes políticos não podem se candidatar às eleições deste ano já que se enquadram na lei do projeto Ficha Limpa, que impede a candidatura de políticos condenados na Justiça. (Diário Online)


Saiba quem são os políticos cassados por município:


Belém

1- NADIR DA SILVA NEVES (Candidato a Deputado Estadual/2006)
 
São Miguel do Guamá

1- VILDEMAR ROSA FERNANDES(Prefeito)

2- RAIMUNDO MONTEIRO DE FREITAS (Vice-Prefeito)



Bujaru

1. MARIA ANTONIA SILVA DA COSTA (Prefeito)

2. JOSÉ VALDIR NUNES MARQUES JÚNIOR (Vice-Prefeito)



Itaituba

1. ROSELITO SOARES DA SILVA (Prefeito)

2. SILVIO DE PAIVA MACEDO(Vice-Prefeito)



Chaves

1. UBIRATAN DE ALMEIDA BARBOSA (Prefeito)

2. PEDRO MAURÍCIO FRANCO STEINER (Vice-Prefeito)

3. VERA LÚCIA ALVES BARROS (Vereadora)

Brasil Novo

1.JOSÉ CARLOS CAETANO (Prefeito)

2.OSIAS SPEROTO (Vice-Prefeito)



Conceição do Araguaia

1. ALVARO BRITO XAVIER (Prefeito)

2. WANDERLÂNDIA MARIA DE OLIVEIRA AQUINO (Vice-Prefeito)

São Félix do Xingu

1. ANTÔNIO PAULINO DA SILVA (Prefeito)

2. ROSANA CRISTINA SOARES DE AZEVEDO PEREIRA (Vice-Prefeito)


Bujaru

1. EMANUEL NAZARENO DE SOUZA MUNIZ (2º colocado cargo Prefeito)

2. ERIVALDO MONTEIRO MARQUES (2º colocado cargo Vice-Prefeito)




segunda-feira, 28 de junho de 2010

Paragominas vive final de semana sangrento com quatro mortes e vários baleados

Final de semana sangrento em Paragominas. Foram quatro mortes e uma pessoa baleada. A maioria das pessoas estavam envolvidas com o tráfico de drogas. Com excessão de um policial militar que foi morto covardemente por um rapaz, porque, segundo testemunhas, horas antes teria se desentedido com um rapaz dentro de um clube de festas. O primeiro a morrer foi Raelson Ferreira de Morais, de 24 anos, há quase seis anos na PM, ultimamente lotado no 19º BPM de Paragominas. Este crime ocorreu por volta de 1h40m, segundo nos foi mostrado pelas imagens capturadas pelas câmeras de monitoramento localizadas às proximidades de uma loja de conveniência na conhecida Praça do Ginásio, no bairro Cidade Nova. Duas horas depois era registrado mais um crime. Luis Carlos da Conceição dos Santos foi assassinado com dois tiros quando estava na PA 125, rodovia estadual que também é conhecida por Avenida Lameira Bitencourt por cortar o Município de Paragominas. Outro crime aconteceu no bairro Bela Vista. Desta vez Genilson Barbosa Soares, 21 anos de idade, foi atingido à balas na cabeça e não resistiu aos ferimento e veio a óbito. Seu amigo Daniel Francisco Colácio da Cruz, 23 anos de idade, que estava em sua companhia também foi baleado tres vezes, no peito, na perna e no rosto. Seu estado de saúde é considerado grave. No bairro Camboatã II, às proximidades da escola Estadual Guilherme Gabriel, também conhecida por "Escola Jovem", foi assassinado à tiros um adolescente de apenas 17 anos, que seria homossexual e estava na criminalidade há algum tempo. Ele era  acusado de assaltos e furtos  naquele bairro. Apesar das investigações a Polícia Civil até agora só sabe quem assassinou o policial militar. Os outros crimes continuam sob intensa investigação. Ainda hoje pela manhã nossa reportagem tomou conhecimento que um homem e uma mulher que seriam parentes do indivíduo conhecido por "Didi", acusado de ser o matador do policial Raelson teriam sido baleados e foram encaminhados em estado grave para o Hospital Metropolitano de Ananindeua. O crime pode estar relacionado à vingança ou acerto de contas entre traficantes.

Policial de Breu Branco provoca acidente em Belém


Um investigador do município de Breu Branco provocou um acidente na avenida Júlio César ontem tarde, supostamente dirigindo alcoolizado.
O policial dirigia um Fiat Uno em alta velocidade na avenida Júlio César próximo ao canal São Joaquim, no bairro da Sacramenta em Belém, quando perdeu o controle do veículo e colidiu violentamente na traseira de um Jipe que seguia em direção ao Aeroporto de Val-de-Cans. A colisão foi tão intensa que os carros ultrapassaram o canteiro central da avenida, mas ninguém se machucou.
Acompanhado da esposa e do filho de oito anos, o motorista do Jipe se disse aliviado por não ter acontecido nada pior, e revelou que os populares que presenciaram o acidente queriam linchar o investigador. Segundo testemunhas, o policial aparentava embriaguez e apontava a arma para os presentes, revoltando moradores que assistiram ao desastre.
A equipe da Rotam apreendeu arma e munição utilizadas pelo policial e encaminhou o caso para a seccional da Sacramenta. O policial foi encaminhado ao Centro de Perícias Renato Chaves, onde faria o exame de dosagem alcoólica. O colete, pistola e projéteis que estavam em poder do policial seriam encaminhado para a Corregedoria do Estado. (Diário do Pará)


PM é assassinado em Paragominas

Um soldado da PM foi morto com vários tiros à queima roupa, no bairro Cidade Nova, área periférica de Paragominas, região nordeste do Pará.
O soldado Raelson Ferreira de Moraes, 24 anos, estava em uma festa de aparelhagem quando teve um desentendimento com Edivaldo Pereira Mendes Filho, o “Dida”.
Segundo testemunhas, o tumulto resultou na retirada dos envolvidos do local, e do lado de fora "Dida" teria realizado vários disparos contra Raelson, usando a arma do primo “Dimael”, que lhe acompanhava na festa. O criminoso teria ainda usado a própria arma do PM para realizar mais disparos contra o corpo.
Após o crime “Dida” e o primo “Dimael” foram de táxi para suas residências no bairro Promissão III, na periferia da cidade. Segundo o taxista, que se apresentou em seguida na 13ª Seccional, ele teria sido um refém dos assassinos, mas a Polícia Civil continua investigando seu envolvimento no crime, já que a cena do assassinato foi registrada pelas câmeras de monitoramentos de vigilância geral do 19º BPMu, e o taxista estava entre a multidão que assistia ao assassinato. O vídeo não foi liberado para imprensa para não atrapalhar as investigações.
O assassinato aconteceu, por volta de 01h40 da madrugada de sexta-feira, e após alguns minutos, uma viatura chegou ao local na tentativa de socorrer o soldado e capturar os assassinos.
A caminho do Pronto Socorro Municipal de Paragominas, Raelson não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi encaminhado para o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” de Castanhal, onde reside sua família e onde as últimas homenagens foram prestadas pelos amigos, familiares e colegas de trabalho.
Homens da Polícia Militar continuam as buscas, na tentativa de capturar “Dida” e “Dimael”

Denuncie: A Polícia Civil de Paragominas, pede para quem tiver informações que possam levar o conhecimento sobre o paradeiro de “Dida” e de “Dimael” ligar para 13ª Seccional (091) 37294977, (091) 37293190, 19º BPM ou disque denúncia (181).

Fonte: Diário do Pará, com reportagem de Bruno Nascimento


Força Brasil! Hoje vamos com tudo pra cima do Chile

O dia começou mais cêdo nesta segunda-feira. Alguns mais eufóricos começaram a soltar fogos pelas seis da manhã. O dia é realmente nervoso. O Chile está otimista para o jogo de hoje contra a Seleção Brasileira. Mas o Brasil tem história de vitória sobre a seleção chilena que é de dar inveja. Mesmo assim é bom não brincar e fazer de conta que a Seleção do Chile é super poderosa e jogar pra vencer e, se der, de goleada, já para espantar de vez o otimismo das outras que virão. Força Brasil! Vamos com tudo pra cima do Chile!

sábado, 26 de junho de 2010

Márcia e Clau Quadros do Salão de Beleza "Márcia Cabelereiros" tem clientes mais do que especial


Não é todo dia que uma profissional da beleza tem seu momento de deixar uma cliente mais do que especial mais bela em todos os aspectos. O desafio aconteceu dias atrás quando as cabeleireiras Márcia e Clau Quadros, do Salão de Beleza "Márcia Cabeleireiros" tiveram a oportunidade de "cuidar" da imagem da governadora do Estado do Pará Ana Júlia Carepa. O convite foi feito na noite anterior pela assessoria especial da governadora, quando a mandatária do Estado esteve em Paragominas para entregar maquinários à vários prefeitos da região e efetivar 57 policiais militares do 19º BPM. 

Na manhã seguinte, sábado, às seis horas da manhã, as duas, Márcia e Cláu Quadros, já estavam no Hotel onde Ana Júlia estava hospedada. Aguardaram alguns minutos e logo depois estavam lá, dando um belo grau nos cabelos e na maquiagem da governadora. Enquanto trabalhavam, a governadora aproveitava para conversar com as profissionais. No assunto, apenas amenidades. "Ela é uma pessoa muito simples e nos deixou à vontade. Conversamos sobre vários assuntos, mas nada de política. A governadora nos cativou", disse Clau Quadros. Ao final, Ana Júlia chamou sua assessora e fez o pagamento das profissionais da beleza de Paragominas. 

O valor, no entanto, não nos foi informado. Mas Márcia disse que a governadora ficou muito satisfeita com o serviço. Antes de se despedirem, Clau Quadros e Márcia ainda tiraram fotos com a Ana Júlia, mas também não nos revelaram se Ana Júlia lhe conquistou os votos.
As fotos foram tiradas por celular.

Antonello Todde é o candidato a deputado estadual do PMDB de Paragominas e região


O PMDB do Pará fez sua convenção hoje em Belém e definiu Hildegard Nunes, que já foi vice-governador de Almir Gabriel como candidato à vice na chapa de Domingos Juvenil que concorre aoa governo do Estado do Pará. Para candidatos à deputado estadual, o PMDB definiu dezenove nomes, entre os quais o empresário Antonelo Todde, que  é residente de Paragominas onde mantém seu empreendimento. Antonelo Todde foi durante vários anos Superintendente de Educação do Município e um dos principais organizadores do Bloco Só O Todde. Seu nome foi indicado pelo PMDB de Paragominas que tem como presidente Raimundo Nonato Soares e como vice-presidente, seu irmão Ítalo Todde muito conhecido em toda a região por ser um dos maiores incentivadores de rodeios e um dos mais relevantes organizadores de Carnaval fora de época tanto no Pará quanto em outros estados. Antonelo Todde foi também candidato à vereador nas eleições passadas, não tendo sido eleito, mas obteve quase mil votos, o que lhe deu um grande respaldo para concorrer nas próprias eleições. A propósito, Antonelo Todde tem garra e determinação e pretende expor isso aos seus amigos e correligionários. "Há muitos sonhos para serem sonhados junto com os paraenses, especialmente com os paragominenses e com o povo desta região. Nosso desejo maior é poder realizar muitas coisas que ainda estão pendentes devido à falta de apoio de muitos políticos do estado. Se chegarmos a ganhar, e vamos conseguir, se Deus quiser, jamais decepcionaremos nosso povo". Com Antonello Todde o diretório municipal do PMDB começa a alçar vôos que estavam há muitos anos adormecidos.

PMDB: Hildegardo Nunes será vice de Juvenil

Convenção do partido também anunciou a candidatura ao Senado do deputado Jader Barbalho


Terminou no início da tarde de hoje (26), a convenção do PMDB, na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), que escolheu o vice na chapa de Domingos Juvenil. O evento teve a presença do candidato do partido ao governo do Estado, deputado Domingos Juvenil, do presidente do PMDB, deputado Jader Barbalho, além de deputados estaduais e federais.

Durante a convenção, também foi anunciada a candidatura do deputado Jader Barbalho ao Senado, de 19 deputados à Câmara Federal e de outros 45 para a Alepa.

A convenção anunciou a candidatura de Hildegardo Nunes como vice de Domingos Juvenil, que é ex-presidente da Alepa e teve a candidatura homologada nas convenções do partido que aconteceu no começo do mês de junho. Domingos Juvenil abriu mão de uma candidatura, considerada por ele, "confortável” à Câmara Federal para atender a um apelo das bases do PMDB.

Vice-candidato

Hildegardo Nunes, que já foi vice-governador do Pará durante o mandato de Almir Gabriel, é filiado ao PMDB desde 2006 e recentemente deixou o cargo de secretário de governo na Prefeitura de Ananindeua. Ele declarou que tinha planos para concorrer a uma cadeira na AL, mas, ao ouvir os argumentos de Juvenil, decidiu pensar melhor e aceitar a vice-candidatura.

Convenções

Até a próxima quarta-feira (30), último dia para a realização de convenções partidárias, ainda haverá articulações entre partidos para fechar o cenário político para a eleição majoritária de outubro. Com exceção do Democratas (DEM), que ainda não apresentou candidatura, todas as legendas no Pará já definiram como vão concorrer ou quem apoiar para o governo estadual. Alguns ainda estão em fase de definição completa da chapa majoritária.

(Nayara Ferraz - Diário Online, com Diário do Pará)

quarta-feira, 23 de junho de 2010

A partir de agora curso para mototaxista é obrigatório

Segundo o Contran, sem o curso, os trabalhadores não vão poder exercer a profissão.


O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) regulamentou nesta sexta-feira (18) o curso de formação obrigatório para profissionais em transporte de passageiros (mototaxista) e em entrega de mercadorias (motofretista) que exerçam atividades remuneradas.
A resolução foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União (DOU). Os profissionais têm prazo até dezembro, num total de 180 dias, para participar do curso, que será ministrado pelo órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal ou por órgãos, entidades e instituições por ele autorizadas. Segundo o Contran, sem o curso, os trabalhadores não vão poder exercer a profissão.
Para fazer o curso, de 30 horas-aula, os interessados devem ter 21 anos, estar habilitado no mínimo há 2 anos na categoria ‘A’, entre outros requisitos. O uso de colete de segurança com dispositivos refletivos também será obrigatório. Para os motofretistas, há ainda a condição do uso de equipamentos de seguranças na moto, como protetores.

Tomé-Açú - Polícia causa desfalque ao tráfico de drogas


A estratégia da Polícia Militar no interior do Estado começa a surtir o efeito desejado principalmente nos maiores corredores de transporte de entorpecente no “Triângulo da Maconha”, como são conhecidos os municípios de Tomé-Açu, Concórdia do Pará e Bujaru.
Além da exportação, a droga passou a fazer parte do cotidiano nas vilas próximas aos centros de distribuição e a Polícia Militar, através do Serviço de Inteligência, começou a monitorar essas “pequenas bocas” e agora, com a parte repreensiva, manda para a cadeia quem ousa desafiar a lei nesta região.
A 14ª Companhia Independente da Polícia Militar, sob o comando do major Mascarenhas, intensificou o combate ao tráfico de drogas na região de Tomé-Açu, dando continuidade às várias apreensões realizadas neste mês.
Na localidade de Vila Nova, durante uma batida policial, foi preso o maranhense Genival dos Santos Rodrigues com maconha e pasta base de cocaína, e no distrito de Quatro Bocas, no município de Tomé-Açu, foram apreendidas várias embalagens de maconha e armas de fogo em posse de Edson Coelho Veloso.
A prisão destes dois traficantes, segundo o comando da 14ª CIPM, pelo major Mascarenhas, é uma prova que a repreensão ostensiva e a ajuda da comunidade podem contribuir para que a polícia coloque atrás das grades quem tem o hábito de comercializar droga em vilas próximas aos grandes centros.
A direção da PM está estimulando os seus comandados a intensificar ainda mais a caça aos traficantes e fazer com que a região perca o estigma de região da maconha, título este que já atravessou fronteiras.
Desde a operação “Mariquita”, realizada há dois meses nesta região, a Polícia Militar vem trabalhando com o serviço de inteligência para monitorar os traficantes e as prisões vêm acontecendo de maneira sistemática, sendo que a população tem colaborado informando os passos dos traficantes na área. (Diário do Pará)





Municípios continuam sem receber o Bolsa Família


Pelo menos 34 municípios paraenses que possuem famílias com perfil para inserção no programa Bolsa Família, do Governo Federal, estão fora do programa. A informação é da secretária nacional de renda de cidadania do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), Lúcia Modesto.
Segundo a secretária, a dimensão do Estado do Pará e a dificuldade de acesso a algumas localidades são pontos que dificultam a implantação do programa. “Existem muitas famílias que precisam ser identificadas e inseridas, porém, a extensão do Pará ainda é um problema”, explica.
Modesto informa que para a inserção é necessário que técnicos do MDS visitem os locais para fazer a verificação e identificação das famílias, tracem seu perfil e comprovem sua real necessidade, o que em determinadas regiões se torna complicado.
Segundo dados do MDS, atualmente o Pará possui 666 mil famílias cadastradas e recebendo o auxílio do Bolsa Família, mas que o número poderia ser maior.

INSERÇÃO
A secretária de assistência e desenvolvimento social do Pará, Eutália Rodrigues, reconhece que a extensão do Estado é um problema, mas garante que todos os 143 municípios estão inseridos no programa e que as famílias identificadas recebem o auxílio da bolsa. “Garantimos que 100% dos municípios paraenses estão habilitados e são atendidos pelo programa”.
Porém, logo em seguida disse que o “Estado ainda precisa atingir toda a sua meta dentro do perfil do cadastramento único (CadÚnico) e do Bolsa Família”, contrariando a informação inicial.
O cadastro único é um aplicativo online que permite o acesso a diversos sistemas de gestão do Bolsa Família. Ele identifica e caracteriza as famílias, possibilitando a formulação e implementação de políticas específicas. A inclusão no cadastro é essencial para o beneficiário receber o Bolsa Família.
Lúcia Modesto explica que na tentativa de ampliar o número de famílias e segmentos populacionais específicos, o MDS realiza até o dia 24, um seminário que visa mobilizar prefeitos e gestores de vários municípios para o cadastramento diferenciado e a implantação social nestes locais.
Segundo a secretária, o Pará foi priorizado pela existência de grupos mais vulneráveis e que se encontram em altos índices de pobreza, como grupos quilombolas, indígenas e ribeirinhos. (Diário do Pará)



terça-feira, 22 de junho de 2010

Dois homens foram assassinados neste final de semana em Paragominas

Final de semana com dois assassinatos registrados em Paragominas. Antonio Maria Rodrigues da Silva foi encontrado morto com um tiro, numa via pública no bairro Nagibão III, distante cerca de 15 quilômetros da sede do município. Raimundo Hamilton Alves da Silva foi encontrado morto no ramal que dá acesso a Aldeia tembém, na zona rural. Até agora a polícia não tem nenhuma pista que possa levar aos assassinos, tanto de Antonio Maria, quanto de Raimundo Hamilto. No bairro Nagibão III reina a lei do silêncio. Ambos os corpos foram encaminhados para o IML de castanhal para os exames de necropsia.

Menina de 1 ano e meio morre ao bater a cabeça na creche em que passava o dia

Maria Eduarda, de apenas um ano e meio, faleceu ontem depois de cair e bater a cabeça na porta de uma creche onde passava o dia enquanto sua mãe trabalhava. Segundo informações, a menina estava dormindo e ao acordar caiu e bateu a cabeça e começou a passar mal. A moça que cuidava da menina, levou-a ao banheiro deu banho e alimentou a criança. Minutos depois ela começou a ter convulsões foi quando a babá tomou a decisão de levá-la ao Hospital Municipal, mas a criança já chegou sem vida. A família está abalada. O corpo de Maria Eduarda foi encaminhado para o IML de castanhal para os exames de praxe.

TCU - PA Lista de inelegíveis apresenta 225 nomes paraenses

Cerca de 5 mil gestores públicos, entre eles 225 paraenses, podem ficar impedidos de disputar as eleições gerais de outubro. A lista com nomes e dados de políticos e administradores públicos que tiveram suas contas consideradas irregulares pelo TCU (Tribunal de Contas da União) foi entregue ontem pelo presidente do órgão, ministro Ubiratan Aguiar, ao presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Ricardo Lewandowski. Com ela em mãos, a Justiça pode declarar a inelegibilidade de candidatos. As informações se referem a gastos nos últimos oito anos
Ao todo, são 421 processos de autoridades paraenses que já transitaram em julgado, ou seja, não admitem mais recurso no TCU. O Estado só é superado pelo Maranhão, com 728 contas irregulares, pela Bahia (700), pelo Distrito Federal (614), Minas Gerais (575) e São Paulo (455). O campeão de condenações no Estado é Gervásio Bandeira Ferreira, ex-prefeito de Breves, com 12, todas referentes à época da sua gestão. Ele tomou a posição do ex-prefeito de Curionópolis, Osmar Ribeiro da Silva, que no último levantamento, em 2006, foi o recordista de contas rejeitadas. Ele aparece com 11, uma a mais do levantamento feio há dois anos.
Em terceiro, com oito, estão os ex-prefeitos Jair da Campo (Eldorado dos Carajás) e Walcir Oliveira da Costa (Irituia). Seguem, com seis condenações, Aracy do Socorro de Gama Bentes, Elzemar da Silva, Domingos Diniz, Waldemir Marques Damasceno, Osmundo Naiff e Leoci da Cunha Macedo, ex-prefeitos, respectivamente, dos municípios de Almeirim, Abaetetuba, Limoeiro do Ajuru, Igarapé-Açú, Marapanim e Bagre.
Mais de 70% dos municípios paraenses estão citados na lista. Estão incluídos em casos de má aplicação dos recursos públicos, ou seja, ex-prefeitos que receberam dinheiro do erário para investir em políticas públicas, mas geriram mal os recursos ou os desviaram. Impressiona o número de irregularidades nos recursos destinados aos municípios para manutenção da educação e da saúde. Mais de 70 contas irregulares estão relacionadas a FNDE (Fundação Nacional de Desenvolvimento da Educação) e 40 são convênios com a Funasa (Fundação Nacional de Saúde). Aparecem também várias irregularidades com a Caixa Econômica Federal no Estado, com a extinta Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) e com a ECT (Empresa de Correios e Telégrafos).
Curiosamente, entre as autoridades, ainda aparecem dois nomes relacionados a UFPA (Universidade Federal do Pará). O atual reitor Carlos Edilson de Almeida Maneschy e o ex-reitor Cristovam Wanderley Picanço Diniz. Ambos, por processos relacionados à Fadesp.

Análise - A análise do TCU é feita apenas sobre recursos da União repassados a Estados e municípios pelo Fundo de Participação dos Municípios ou por convênios federais. O levantamento servirá como subsídio para a Justiça eleitoral verificar se uma pessoa poderá ou não ser candidata nas eleições de outubro. A análise dos pedidos será feita caso a caso. O prazo para o registro de candidaturas termina no dia 5 de julho.
A entrada em vigor da lei do Ficha Limpa, sancionada no último dia 4 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, traz mudanças na avaliação da elegibilidade do gestor com contas consideradas irregulares pelo TCU. A principal delas é que o tempo de punição para quem teve contas rejeitadas aumentou de cinco para oito anos sem poder se candidatar, a partir da data da decisão do tribunal.

Na última quarta-feira, o TSE definiu que a lei pode ser aplicada em casos de condenação por órgãos colegiados, como o TCU, antes de sua vigência. Pela norma anterior, bastaria a quem tivesse as contas rejeitadas e quisesse disputar cargo eletivo contestar a decisão do TCU na Justiça e, mesmo sem julgamento da ação, teria garantida a candidatura. A partir de agora, o político com irregularidade nas contas precisa de uma decisão da Justiça que suspenda ou anule o entendimento do TCU para ter o registro de candidatura e concorrer nas eleições.
Além disso, segundo a lei do Ficha Limpa, para que um político seja considerado inelegível é preciso comprovar que ele teve intenção de cometer a irregularidade em relação à gestão do dinheiro público.

Segundo o TCU, algumas autoridades podem não constar na listagem porque conseguiram recursos no Judiciário. O pagamento das multas aplicadas não isenta os responsáveis da responsabilidade. 'O pagamento não altera o julgamento pela irregularidade das contas. Entretanto, evita que seja promovida a cobrança judicial do débito', informa o TCU. A listagem é atualizada diariamente. Nomes podem ser acrescentados ou retirados. Para acompanhar as mudanças, existe o Cadastro de Responsáveis com Contas Julgadas Irregulares (Cadirreg), que pode ser acessado pelo endereço www.tcu.gov.br.

Veja a lista dos inelegíveis liberada pelo Tribunal de Contas!

ADALBERTO ARAÚJO ROCHA JÚNIOR

AFONSO BRITO CHERMONT

AFONSO COUTO DOS SANTOS

AGEMIRO GOMES DA SILVA

ALBERTO PEREIRA DOS SANTOS

ALDEMAR DE DEUS DO ESPÍRITO SANTO JÚNIOR

ALDO BENEDITO CUNHA SOUSA

ALEXANDER DE PAIVA AZEVEDO

ALLAN SILVA DOS SANTOS

AMADEU COELHO BRAGA

ANA AMÉLIA FAUSTO DA SILVA

ANSELMO HOFFMANN

ANTÔNIO AUGUSTO DA SILVA

ANTONIO GERALDO LAZARINI

ANTONIO JESUS DE OLIVEIRA

ANTÔNIO JOSÉ RAMOS DAMASCENO

ANTÔNIO MAIA DE BRITO

ANTÔNIO PAULINO DA SILVA

ANTÔNIO PEREIRA LOBO JÚNIOR

APRÍGIO PEREIRA DA SILVA

ARACY DO SOCORRO DA GAMA BENTES

ARIOSVALDO PEREIRA REBELO

ARNALDO DE ASSUNÇÃO TEIXEIRA

AROLDO KAIABY RIBEIRO

ATIL JOSÉ DE SOUZA

AUGUSTO BARREIRA PEREIRA

AUGUSTO BARREIRA PEREIRA JÚNIOR

AURÉLIO CALHEIROS DE MELO

AVERALDO PEREIRA LIMA

BENEDITA CECÍLIA PALHETA PEREIRA

BENEDITO ODIVAL OLIVEIRA GOMES

BENIGNO OLAZAR REGES

BENTO NOGUEIRA DE SOUZA

BERNARDINO DE JESUS FERREIRA RIBEIRO

BETÂNIA DO SOCORRO BELTRÃO NAHUM

CACILDA ROSA DA SILVA

CÂNDIDO DA LUZ FERREIRA

CARLOS ACATAUASSÚ NUNES

CARLOS ANTÔNIO ESTÁCIO

CARLOS BELIZÁRIO PINTO DE MORAES

CARLOS EDILSON DE ALMEIDA MANESCHY

CASSIMIRO DE ALMEIDA CORREA

CÉLIO RIBEIRO PAZ

CIMAR GOMES DA SILVA

CLAUDIONOR FIGUEIREDO CRUZ

CRISTOVAM WANDERLEY PICANÇO DINIZ

DANIEL CAPITANI

DILZA MARIA PANTOJA CORRÊA

DOMINGOS DINIZ

DORIVAL PEREIRA GALVÃO

EDILSON DIAS BOTELHO

EDIVALDO CORRÊA DA COSTA

EDMÉA PESSOA DE OLIVEIRA

EDMUNDO NASCIMENTO RIBEIRO

EDSON ANTÔNIO COELHO DE OLIVEIRA

EDUARDO AZEVEDO

EDUARDO LUIZ PANTOJA CHAGAS

ELIANE MARIA SAMPAIO PEREIRA

ELIAQUIM SILVA RIBEIRO

ELIELSON DO SOCORRO REIS ALVES

ELQUIAS NUNES DA SILVA MONTEIRO

ELZEMAR DA SILVA PAES

EMERSON OLIVEIRA HOYOS FILHO

EMMANUEL JOSÉ MACHADO CUNHA

ERMIDA LOBATO BORGES

FÁTIMA MARIA PICANÇO RODRIGUES

FERNANDO DA SILVA CARVALHO

FERNANDO WILSON SILVA SARMENTO

FLORA CARDOSO QUARESMA

FRANCISCO ADERSON BARROSO DE ALMEIDA

FRANCISCO AGUIAR SILVEIRA

FRANCISCO ALVES VASCONCELOS

FRANCISCO EDISON COELHO FROTA

FRANCISCO JOSÉ MEDEIROS BARBOSA

FRANCISCO JOSÉ PACHECO PINTO

FRANCISCO MAUÉS CARVALHO

FRANCISCO NAZARENO GONÇALVES DE SOUZA

FRANCISCO OSMILDO SANTIAGO

FRANCISCO PEREIRA DO NASCIMENTO

FRANCISCO PINTO DE ASSUNÇÃO

GERALDO TEMPONI BARBOSA

GERSON SALVIANO CAMPOS

GERVÁSIO BANDEIRA FERREIRA

GILBERTO BITTENCOURT PESSOA

GILSON GOMES DOS SANTOS

GUILHERME ANTONIO DA COSTA

GUILHERME FELDHAUS

HILTON SANTOS DA SILVA

ISAÍAS BATISTA FILHO

ISRAEL JOÃO DOS SANTOS RAIOL

ITAMAR RODRIGUES MENDONÇA

IVAN SALGADO SIQUEIRA

JACKSON ROBERTO DOS SANTOS CASTRO

JAIR DA CAMPO

JESIEL SOARES DOS SANTOS

JOÃO ALFREDO RIBEIRO DE CARVALHO

JOÃO BATISTA EVANGELISTA

JOÃO CHAMON NETO

JOÃO GUILHERME SANTANA DA PAIXÃO

JOÃO MARTINS CARDOSO FILHO

JOÃO TERTULIANO GUEDES CARDOSO

JOAQUIM VIEIRA DE ALMEIDA

JOARY BARRIGA FILHO

JOEL DO NASCIMENTO PINTO

JONAS PEREIRA BARROS

JONNY SANTOS DE SOUZA

JORIMAR SANTOS SILVA

JOSÉ ACILINO DOS SANTOS VIEIRA

JOSÉ ALVES BEZERRA

JOSÉ ANTÔNIO FAUSTO DA SILVA

JOSÉ ARTUR GUEDES TOURINHO

JOSÉ AVES BEZERRA

JOSÉ CARLOS CAETANO

JOSÉ CARLOS GUEDES DA CRUZ

JOSÉ CLÁUDIO PALHETA PIRES

JOSÉ DE NAZARÉ CHIAPPETTA

JOSÉ JÚLIO TAVARES DA COSTA

JOSÉ JURACI LINHARES DE LIMA

JOSÉ MARIA MARTINS DE MATOS

JOSÉ MÁRIO DE SOUZA

JOSÉ MOREIRA DE MENEZES

JOSÉ NETO FILHO

JOSENVALTO REIS DE SOUSA

JOSÉ OLÍMPIO BASTOS

JOSÉ PEREIRA DA COSTA

JOSÉ RODRIGUES QUARESMA

JOSÉ RONALDO ARAÚJO PEREIRA

JOSÉ SILVA DE SOUZA

JOSUÉ DA SILVA NEVES

JURACY FERREIRA DE ARAUJO

LAUDI JOSÉ WITECK

LAURELÚCIA PEREIRA BORGES

LAURIVAL CAMPOS CUNHA

LEOCI DA CUNHA MACEDO

LEON CORREA BOUILLET

LEVI SILVA DE LIMA

LUCIANO SÉRGIO BRITO NICOLAU DA COSTA

LUÍS AILTON ARAÚJO BECHARA

LUIZ DOS REIS CARVALHO

LUIZ FURTADO REBÊLO

LUIZ RODRIGUES DA SILVA

MAGDA DO SOCORRO SILVA DA SILVA

MANOEL CARVALHO DA SILVA

MANOEL DA SILVA MONTEIRO

MANOEL FARIAS TAVARES

MANOEL PEREIRA DA SILVA

MARÇAL DE JESUS SOARES PALHETA

MÁRCIA REGINA DE SOUZA BEMERGUY

MARCO ANTÔNIO VALE DA SILVA

MARIA DA GLÓRIA OLIVEIRA SANTOS

MARIA ORTÊNCIA DOS SANTOS GUIMARÃES

MARIA ZULEIDE MARTINS DOS SANTOS

MÁRIO CEZAR SOBRAL MARTINS

MARIVALDO PAES DA COSTA

MATILDO DIAS DA SILVA

MAURÍCIO BASTAZINI

MAX FARADAY DIAS

MAXIMILIANO SA COSTA OLIVEIRA

MIGUEL RODRIGUES DA SILVA

MIGUEL SANTANA DE CASTRO

MILANEZ AUZIER PINHEIRO

MILTON MATEUS DE BRITO LOBÃO

NANCY DE ARAÚJO GUEDES

NELI YACHIYO ONUMA DE OLIVEIRA

NILAIRSON CABRAL DA SILVA

NILSON CAVALHEIRO SAMUELSSON

NOÉ COSTA LIMA

NOÉLIA MARIA MAUÉS DIAS NASCIMENTO

NOÉ XAVIER RODRIGUES PALHETA

NORMANDO GONÇALVES DAS NEVES

ODOLFO PINTO DA MOTA

ONORINA DE ALMEIDA NUNES

ORTÊNCIO ALVES DOS SANTOS

OSMAR RIBEIRO DA SILVA

OSMUNDO EDUARDO DA SILVA NAIFF

OTI SILVA SANTOS

PATRÍCIA DO CARMO BARCELOS

PAULO CESAR DE ANDRADE ALVES

PAULO CÉSAR SILVA FIGUEIRA

PAULO ROBERTO ALEXANDRE SILVA

PAULO ROBERTO FIGUEREDO GABRIEL

PAULO ROBERTO RIBEIRO DA COSTA

PEDRO SERGIO DA SILVEIRA

PEDRO SÉRGIO DOS SANTOS BARBOSA

RAFAEL DE LOUREIRO REIS

RAIMUNDA MARIA BARROSO DE ALMEIDA

RAIMUNDO CARLOS FIGUEIREDO BENTES

RAIMUNDO CELSO RODRIGUES DA CRUZ

RAIMUNDO FRANCISCO COSTA

RAIMUNDO LUIZ DE MORAES

RAIMUNDO NOGUEIRA FILHO

RAIMUNDO NONATO BRABO FERREIRA

RAIMUNDO NONATO LINO LOBATO

RAIMUNDO NONATO VIEIRA DA COSTA

RAIMUNDO OLIVEIRA DE ALMEIDA

RAIMUNDO PAULO DOS SANTOS GOMES

RAIMUNDO QUEIROZ DE MIRANDA

RAIMUNDO RUBENS ONETTI DA COSTA JÚNIOR

RAIMUNDO SILVEIRA LIMA

REGINALDO BRINDEIRO MAIA

REINALDO ALVES DE OLIVEIRA

RENATO CORADASSI

ROBERTO JORGE MAIA JACOB

RONALDO AQUINO BONFIM

RONALDO KOURY MAUÉS

RUBEM RIBAS

RUI PUREZA BARBOSA DE OLIVEIRA

SAMUEL SILVA PORTILHO DE MELO

SAULO CASTRO COSTA

SEBASTIÃO PEREIRA DA SILVA

SEBASTIÃO SALES MARTINS

SELSO LUIZ DOS SANTOS GOMES

SÉRGIO CABEÇA BRAZ

SÉRGIO DA FONSECA DIAS

SILVANETO FERRAZ MANGUEIRA

TIAGO PEREIRA DO CARMO JÚNIOR

VALDECIR PINHEIRO DA SILVA

VALDECY JOSÉ DE MATOS

WALCIR OLIVEIRA DA COSTA

WALDEMIR MARQUES DAMASCENO

WALDIR MONTEIRO D’ OLIVEIRA EMIN

WELITON LEITE DOS SANTOS

WILLIAM BLANCO DE ABRUNHOSA TRINIDADE WLATER

EDILBERTO GOMES MARTINS

ZERICÉ DA SILVA DIAS

Fonte: O Liberal

Idoso de 69 anos preso no Maranhão acusado de abusar de filha de doze anos

Mais um caso de abuso contra uma adolescente foi registrado na tarde desta quinta-feira, 17, na cidade de Pinheiro. O lavrador Raimundo Pimentel Correia, 69 anos, foi preso acusado de abusar sexualmente uma filha de 12 anos. Segundo a polícia, a menina também estava sendo abusada pelos quatro irmãos, que são menores de idade.

De acordo com a polícia, o lavrador é viúvo e mora com cinco filhos. Após denúncias do Conselho Tutelar, a polícia pediu a prisão temporária do lavrador, decretada nesta quinta. Na casa onde ele morava com os filhos foram encontradas armas e pílulas anticoncepcionais. Segundo a polícia, a vítima disse que tomava o remédio orientada pelo pai.

“O lavrador vai prestar depoimento ainda nesta quinta-feira e vou pedir também um exame de conjunção carnal. Se houver indícios de abuso recente, ele pode ser autuado em flagrante”, diz a delegada Laura Barbosa, responsável pelas investigações.

Segundo Laura, todos os menores, inclusive a vítima, estão sob os cuidados do Conselho Tutelar e do Ministério Público. Os garotos e a menina devem ser ouvidos pela polícia até esta sexta-feira, 18. O mandato de prisão foi assinado pelo Juíz Júlio Cesar prazeres da 2ª vara civil da cidade de Pinheiro. No ínício do mês outro caso de pedofilia, também no município de Pinheiro, foi descoberto. José Agostinho Bispo Pereira, 54 anos,é acusado de abusar sexualmente da filha, Sandra Maria Monteiro, de 28 anos, e ter tido com ela sete filhos/netos, no povoado Experimento. (Com informações do repórter Sidney Pereira, da TV Mirante e do site G1)



Cachorros deixam sujeiras e espalham doenças pelas ruas de Paragominas


Virou cachorrada. estamos falando da grande quantidade de animais soltos nas ruas de Paragominas. Pela parte da manhã a situação é realmente degradante. Não bastasse os animais de grande porte, o que mais chama a atenção é a cachorrada que está à solta. Nos bairros da periferia então não se pode andar com tranquilidade. Neste período ainda é pior, pois os animais estão no cio. A proliferação é inevitável. A Secretaria Municipal de Agricultura, responsável pelo recolhimento destes animais deve se pronunciar e dar uma explicação plausível para a população. Por outro lado, deve haver uma colaboração mais acentuada por parte dos "criadores" destes animais. Não se pode conceber que isto continue acontecendo no município "mais verde" do Estado. Nossa equipe de reportagem tentou entrara em contato com a Dra. Sara, responsável direto pelo recolhimento dos animais, mas ela só pode falar conosco na tarde desta terça-feira. Vamos aguardar. A situação é complicada e além da sujeira que estes animais deixam nas ruas ainda podem transmitir inúmeras doenças, entre as quais, o calazar.

Policial Militar de Monte Alegre é acusado de estuprar a própria filha e enteada

Um soldado militar está preso no quartel da PM em Monte Alegre, no oeste paraense, onde é lotado, acusado de abusar sexualmente da própria filha e da enteada. A denúncia partiu da própria esposa do militar. Segundo laudo do hospital local, a filha dele, de apenas 12 anos, está grávida.

O militar foi preso no dia 7 de junho, após expediação de seu mandado de prisão preventida pela Justiça. Segundo consta na denúncia, ele estaria abusando das duas jovens desde que eram crianças. 'A esposa dele disse que só havia tomado conhhecimento do fato agora pelas próprias vítimas, que cansadas de sofrer abusos, denunciaram que o fato ocorria desde que elas tinham por volta de oito anos de idade', informou o delegado de Monte Dourado, Gilson José da Gama.

O caso foi registrado em Monte Dourado em virtude de ser o local de ocorrência do mesmo e para onde o soldado, que é lotado em Monte Alegre, estava deslocado.

Segundo informa o delegado, o soldado PM, Ludelmar B. R., 32 anos, foi denunciado por sua própria esposa no dia 25 de maio. 'Ele foi preso cautelarmente pelo comandante da PM local até que teve a preventiva decretada no dia sete de junho', esclarece.

Ainda segundo o inquérito, as duas jovens tem 12 e 13 anos. A mais nova, que é filha do acusado, está grávida e a suspeita é que seja do próprio pai. 'A família apresentou laudo do hospital local que mostra o estado da menina', disse o delegado.

O PM foi indiciado pelos crimes de abuso sexual contra vulnerável e está preso no quartel da PM de Monte Alegre, onde também responde IPM (Inquérito Polícial Militar). Se for comprovada sua prática, pode ser expluso da corporação. 'Se for comprovado ele pode ser expulso e o caso então passa a ficar a cargo da Polícia Civil e Justiça comum', explica Gama.

Enquanto isso, o militar é aguardado pela Polícia Civil para prestar depoimento às 10h da manhã desta sexta-feira (18).

Redação Portal ORM

Trote deixa as policias civil e militar apreensivos em Paragominas

Ontem pela manhã as policiais civil e militar receberam uma ligação informando que um policial civil, conhecido por Guerreiro, estava sendo assaltado e refém de tres bandidos em um Celta Preto, no centro da cidade de Paragominas. Imediatamente houve um alvoroço entre os seus colegas de profissão. Tanto a Polícia Militar quanto a Civil se mobilizaram e fortemente armados, em várias viaturas se dirigiram para o local indicado. Lá chegando descobriram que tudo não passava de um trote. O policial em questão estava ileso e se dirigindo para sua residência no exato momento. O trote deixou apreensivo os comandantes e os delegados pois é a primeira vez que algo tão evidente acontece em Paragominas envolvendo as duas policias. Inclusive, um advogado foi acionado para tomar parte na pretensa "negociação" com os bandidos, caso houvesse mesmo um assalto com refém. Acontece, que este tipo de ação por parte dos bandidos, principalmente por adolescentes, é muito comum em Belém. Por esse motivo, os policiais ficaram tão apreensivos.

Policial da Rotam é acusado de menino de 12 anos

Familiares de uma criança de 12 anos acusam o cabo PM Alcides Cavalcante, da Ronda Tática Metropolitana (Rotam) de estupro. O crime teria acontecido na madrugada deste sábado (19). O menino é vizinho do policial, na rua Dois de Junho, na Terra Firme. O policial, que no bairro é conhecido pelo apelido de 'Vaca', não foi localizado para dar entrevistas. Ele teria se apresentado a uma delegada da Data ainda durante a madrugada, quando prestou depoimento, sendo liberado em seguida por falta de provas.

A mãe do garoto, Maria Lúcia Miranda, de 35 anos, conta que o filho 'desapareceu' da frente da casa por volta das 20 horas de sexta-feira. 'Ele estava brincando com o pai em frente de casa. Quando deu umas oito da noite, o pai entrou e ele ficou lá na frente sentado. Uns minutos depois, vi que ele não estava mais lá, mas não me preocupei porque pensei que ele tinha ido à casa de alguma das tias que moram aqui na rua também', conta a mãe.

Ao perceber que o filho estava demorando demais, Maria Lúcia saiu para procurá-lo. 'Fui na casa de uma tia e nada. Na casa da outra, também. Na casa dos vizinhos, nem sinal. Então, comecei a me desesperar. Não sabia o que pensar. Ficamos como loucos procurando por ele a noite inteira. Quando era duas horas da madrugada ele chegou. Estava sozinho, assustado, chorando muito e sangrando nas ‘partes’ de trás. Contou que todo esse tempo estava lá na casa do policial sendo obrigado a fazer sexo com ele. O cabo batia nele e dizia que ele ia morrer se não fizesse o que ele queria. Tudo aconteceu dentro do quarto do policial, onde ele viu várias fotos de crianças nuas', contou a mãe.

Medo - Temendo represálias por parte do policial, a família pensou em calar-se sobre os fatos, o que não aconteceu graças aos vizinhos. 'Eles são umas pessoas muito humildes, que vieram do interior e não tem poder aquisitivo. Mesmo vendo o filho naquele estado, eles ficaram com medo de denunciar porque esse cabo tem nome da polícia. Está na corporação há mais de 15 anos e já integrou até a guarda do governador na época do (Simão) Jatene', conta uma vizinha da família, sem se identificar. 'Nós é que os incentivamos eles a procurar a Corregedoria para denunciar. Nós ficamos revoltados quando vimos o garoto chegar naquele estado. Aqui na rua, sempre correram boatos de que esse policial gostava de ‘meninos’, mas nunca tinha acontecido nada de concreto até hoje', disse outro morador.

No início da manhã de sábado, moradores revoltados com a acusação de estupro tentaram depredar a casa do policial, localizada na Dois de Junho, entre as ruas Lauro Sodré e 24 de Dezembro, mas foram impedidos por equipes da Rotam que foram ao local para fazer a segurança do prédio.

Outro lado - De acordo com a Polícia Civil, o cabo apresentou-se ainda de madrugada no prédio da Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data), acompanhado de uma advogada. Em depoimento à delegada Nazaré Cardoso, ele negou as acusações. Como não havia elementos que pudessem comprovar a materialidade do crime, o policial teve que ser liberado. Porém, foi aberto um inquérito para apurar a denúncia e, caso venha a ser comprovado o envolvimento dele no estupro, ele poderá vir a responder pelo crime.

A assessoria de comunicação da PM disse que só após a comunicação oficial à corporação é que poderá ser aberto um procedimento interno para apurar os fatos. Isso, se ficar comprovado o envolvimento do policial no estupro.

O garoto foi encaminhado pelo Conselho Tutelar ao Pró-paz e depois levado para um abrigo da Funpapa. Na tarde de sábado ele foi submetido a exames de corpo de delito.

Fonte: O Liberal

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Maranhão - Filha muda de casa após ser abusada 16 anos pelo pai


Após ser abusada pelo próprio pai durante 16 anos, de ter sete filhos com ele e de ser mantida isolada em um povoado distante da civilização, Sandra Maria Monteiro, de 28 anos, já tem um novo lar. Na segunda-feira, 14, ela começou a mudança para uma nova casa onde tentará seguir com uma nova vida. A casa fica no bairro João Castelo, a dois quilômetros do Conselho Tutelar de Pinheiro. Ela foi alugada ainda na tarde de sábado, 12, e os móveis foram comprados durante o final de semana.

Foram dois dias de procura antes de fechar o contrato, visto que não havia casas próximas do conselho tutelar. Essa proximidade será fundamental para que os conselheiros tutelares de Pinheiro auxiliem Sandra nessa nova fase. O aluguel está sendo pago pela prefeitura de Pinheiro. A intenção, no entanto, é que seja construída uma casa na zona rural de Pinheiro e que ela seja doada a Sandra.

Casa onde mulher e filhos eram mantidos em cativeiro

Quando ela era explorada pelo pai, José Agostinho Bispo Pereira, a única fonte de recursos da família era uma bolsa de R$ 62 de um dos filhos de Sandra, e o lavrador era o responsável pela administração desses recursos. Depois de se mudar para o conselho tutelar, Sandra e os sete filhos, pela primeira vez, receberam assistência dentária e psicológica.


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da pedofilia da Assembleia Legislativa do Maranhão irá apresentar um requerimento amanhã ao governo do Estado do Maranhão para que garanta uma pensão vitalícia de três salários mínimos a Sandra e os filhos.
Na próxima sexta-feira, 18, termina o prazo de conclusão do inquérito sobre o caso. O pescador, em depoimento, negou que todos os sete filhos-netos fossem dele. Ele continua preso em Pinheiro. A Delegacia Regional solicitou exames de DNA, em Amapá, para comprovar a paternidade de José Agostinho. Os exames ficam prontos em três semanas. A prisão preventiva do pescador também já foi solicitada pelo Ministério Público (MPE) sob a alegação que o pescador ainda oferece risco para a sociedade. O pedido está sendo analisado pela Justiça. (iMirante)



Acusados de abusar de filho, casal é preso

Um casal - a mulher de 30 anos e o homem de 18 - foi preso hoje, em Nazaré, cidade 216 quilômetros a oeste de Salvador, acusado de praticar abusos sexuais, físicos e psicológicos contra cinco filhos da mulher - duas meninas e três meninos de 8 a 13 anos. O casal tem ainda outro filho, um bebê nascido há 20 dias.
De acordo com o relato de uma das filhas, de 11 anos, colhido por agentes do Conselho Tutelar na última sexta-feira, após o órgão receber uma denúncia anônima, as crianças acompanhavam as relações sexuais dos pais, eram obrigadas a trocar carícias íntimas e apanhavam quando não obedeciam às ordens. Existe a suspeita de que os meninos ainda tenham sido forçados a consumir drogas e bebidas alcoólicas.
As crianças estão sob os cuidados de uma tia, irmã do padrasto. O bebê foi encaminhado ao Conselho Tutelar, onde ficará até a Justiça definir um responsável pela guarda.
(Agência Estado)




Polícia Militar fecha boca-de-fumo em Paragominas


Uma denuncia anônima levou a prisão de uma traficante, no bairro Nagibão I, distrito de Paragominas, região nordeste do Pará.
Um senhor preferiu ter seu nome preservado procurou na noite de quinta-feira, a guarnição composta pelos cabos Valmor; Márcio; Almeida e Teles, juntamente com o soldado Raelson lotados no Posto da Polícia Militar do Km 12 de Paragominas. Ele denunciou que em uma determinada rua do bairro Nagibão I, funcionava uma boca-de-fumo.
Os Policiais Militares então foram até o local indicado pelo denunciante anônimo. A princípio realizaram campana naquele local, e observaram uma grande movimentação. Alguns minutos depois eles pediram para averiguar a informação na casa da acusada.

Por volta de 22h30 da última quinta-feira, eles encontraram no interior da residência de Maria do Rosário Nunes Castro, 40 anos, mais conhecida por “Liene” uma bolsa que portava 12 gramas de maconha, 11 petecas de pasta base de cocaína, uma agenda com vários telefones, identidades, provavelmente empenhoradas, uma cueca porta drogas e R$ 124,00 em espécie.
Continuando as revistas naquela residência, os PM’s encontraram também, os usuários Manoel da Silva Vieira, 23 anos, conhecido por “Dadá” e Edilson Borges Reis, 41, e Carlos Mauricio Souza Peixoto, que nega ser usuário. Todos no interior do quintal.
Apesar da quantidade “Liene” nega ser a proprietária do entorpecente. Os usuários confessaram que ela, seria realmente uma traficante.

Contudo, eles foram conduzidos até a 13ª Seccional de Paragominas, onde o delegado Raimundo Xavier de Souza, autuou “Liene” por tráfico de drogas, em seguida os demais assinaram Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO) e foram liberados.
Denuncie: A Polícia Militar de Paragominas, pede para quem tiver informações que possam levar a outras bocas-de-fumo favor ligar para o telefone (091) 37293747 ou 190 (Ciop).

Foto e Reportagem: Bruno Nascimento
FALHA (o navegador deveria exibir algum conteudo em Flash, e naum isto).

MANDE FAZER SEUS IMPRESSOS CONOSCO